publicidade
01/07/20
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Após votação na Câmara dos Deputados, eleições municipais 2020 são adiadas para 15 e 29 de novembro

01 / jul
Publicado por Blog de Jamildo em Eleições às 19:50

Por Larissa Lira 

Na tarde desta quarta-feira (1º), a Câmara dos Deputados aprovou a Proposta de Emenda à Constituição 18/2020 que adia as eleições municipais deste ano por causa da pandemia do novo coronavírus. De acordo com o calendário eleitoral as eleições iriam acontecer no dia 4 e 25 de outubro. Agora, com o projeto aprovado, as eleições passam a ser no dia 15 de novembro e 29 de novembro. 

Na última semana, o projeto também havia sido aprovado pelo Senado Federal, que deve promulgar a proposta nesta quinta-feira (2). 

Na Câmara, a matéria recebeu votos favoráveis de 407 favoráveis. Em contrapartida de 70 votos contra e uma abstenção.  Por se tratar de uma PEC, para ser aprovado, o texto precisava da validação de pelo menos 308 parlamentares, em dois turnos de votação. Durante a sessão, a maior parte dos deputados presentes já apontava para a aprovação da proposta.

Apesar da aprovação, a proposta não era unanimidade na Casa. Na última semana, o tema ficou no centro de grandes discussões nos partidos, que ainda se dividiam sobre como votar a questão. 

Confira como votaram os deputados pernambucanos:

André de Paula (PSD) – A favor
André Ferreira (PSC) – Contra
Augusto Coutinho (SD) – A favor
Carlos Veras (PT) – A favor
Daniel Coelho (Cidadania) – A favor
Danilo Cabral (PSB) – Contra
Eduardo da Fonte (PP) – A favor
Felipe Carreras (PSB) – A favor
Fernando Filho (DEM) – Contra
Fernando Monteiro (PP) – Contra
Fernando Rodolfo (PL) – Contra
Gonzaga Patriota (PSB) – A favor
João Campos (PSB) – A favor
Luciano Bivar (PSL) – A favor
Marília Arraes (PT) – A favor
Bispo Ossesio (Republicanos) – A favor
Pastor Eurico (Patriota) – Contra
Raul Henry (MDB) – A favor
Renildo Calheiros (PCdoB) – A favor
Ricardo Teobaldo (Pode) – Contra
Sebastião Oliveira (PL) – Contra
Silvio Costa Filho (Republicanos) – A favor
Tadeu Alencar (PSB) – A favor
Túlio Gadêlha (PDT) – A favor
Wolney Queiroz (PDT) – A favor

 


FECHAR