publicidade
08/06/20
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ministério Público investiga empresa contratada pela Prefeitura do Recife por R$ 81 milhões e que tem apenas um funcionário

08 / jun
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 10:27

Atualizada às 12:30h com resposta da Prefeitura do Recife

Com informações de Eduardo Barretto, da coluna Guilherme Amado, da Revista Época

O Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE) investiga a contratação de R$ 81,1 milhões em equipamentos hospitalares pela Prefeitura do Recife a uma empresa que tem apenas um funcionário.

Segundo informações do site da Revista “Época”, o inquérito começou após um ofício da Controladoria-Geral da União aos procuradores do MPF-PE. Estão sob investigação 14 dispensas de licitação da Prefeitura do Recife com a empresa FBS Saúde Brasil.

Os vínculos somariam R$ 81,1 milhões, segundo a reportagem, em meio à pandemia do novo coronavírus. A Prefeitura do Recife afirma que os vínculos somam R$ 16 milhões e que o material foi entregue no prazo estipulado.

Há indícios de que a empresa não possui capacidade operacional para atender a esses contratos. A FBS não tem veículos e conta com apenas um empregado, além de seu capital social ser de apenas R$ 100 mil.

Outro lado

Procurada pela “Época”, a Prefeitura do Recife afirmou que a FBS mostrou “capacidade operacional, tanto que realizou a entrega em sua totalidade dentro do prazo estipulado em contrato”.

Em nota enviada ao Blog de Jamildo, a Prefeitura do Recife disse que não foi notificada pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre a investigação mencionada pela reportagem.

“A Prefeitura esclarece ainda que a aquisição de equipamentos médico-hospitalares à empresa foi no valor de R$ 16 milhões e não de R$ 81 milhões e que o material contratado já foi entregue à Prefeitura em sua totalidade dentro do prazo estipulado em contrato”, disse a gestão municipal.


FECHAR