publicidade
28/05/20

Charbel Maroun critica Geraldo Júlio após operação da PF no Recife

28 / maio
Publicado por jamildo em Notícias às 14:03

Charbel Maroun, pré-candidato do Novo para as eleições municipais no Recife, comentou a investigação desta quinta-feira, na capital.

“O dia começou com a notícia de que a Polícia Federal, durante a segunda fase da Operação Apneia, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU), esteve na Prefeitura do Recife e na casa do secretário de Saúde, onde apreendeu celulares para investigação da compra suspeita de 500 respiradores pela gestão do nosso prefeito Geraldo Júlio. Todas as justificativas dadas pela Prefeitura até agora são insuficientes e não esclarecem absolutamente nada. “, afirma.

“Ou o prefeito é extremamente incompetente ou agiu de má-fé. Nenhuma das opções ajuda o Recife. Lamentável ver agentes públicos lucrando com a morte de pessoas. Que o MPF e a PF aprofundem as investigações e promovam a punição desses criminosos.”

LEIA TAMBÉM:
> Caso Juvanete. Em parecer, Prefeitura do Recife diz que respiradores estavam em estoque e precisavam de validação da Anvisa
> MPCO denuncia supostas irregularidades na compra de 500 respiradores no Recife. ‘Falsidade ideológica, peculato, lavagem e fraude’. Prefeitura rebate
> Empresa questionada pelo MPCO desiste de venda de ventiladores, diz Prefeitura do Recife


FECHAR