publicidade
26/05/20

PCR comemora mil vidas salvas nos hospitais de campanha, com milésima alta

26 / maio
Publicado por jamildo em Notícias às 18:20

Em tom de comemoração, a gestão Geraldo Julio registrou, nesta terça-feira, que os hospitais de campanha construídos pela Prefeitura do Recife para enfrentamento à pandemia da Covid-19 atingiram a marca de mil altas de pacientes com suspeita ou confirmação do novo coronavírus. “Com apenas 40 dias de funcionamento”.

O anúncio foi feito pelo prefeito Geraldo Julio na manhã desta terça-feira (26), durante coletiva de imprensa realizada em transmissão pela internet.

As unidades também já ultrapassaram as marcas de 8.400 atendimentos e 2.500 internações.

O prefeito Geraldo Julio citou números oficiais na coletiva de imprensa.

“Hoje é um dia de fazer um registro muito importante no enfrentamento a pandemia na nossa cidade. Os nossos hospitais de campanha chegaram a milésima alta. Isso quer dizer que mil pacientes se internaram e já voltaram para casa salvos da covid. Queria aqui registrar minha gratidão a todos os envolvidos e a todos que estão trabalhando unidos para que isso tenha acontecido. Minha gratidão também para os profissionais de saúde e todos os demais que trabalham nos sete hospitais e em toda rede municipal de saúde. Esses hospitais, até poucas semanas atrás, eram estacionamentos ou galpões que estavam sem uso e agora estão salvando vidas”, disse o prefeito.

A comunicação destacou o caso de Manoel Leandro do Nascimento, 76 anos, com fatores de risco, que o classificavam como um caso preocupante, por ser idoso, hipertenso, diabético e com um marcapasso implantado no coração, 

“Ao chegar no Hospital Provisório Recife (HPR) 2, nos Coelhos, no dia 1º de maio, o aposentado estava com o pulmão esquerdo comprometido. Mas com a assistência que recebeu nos 25 dias de internação, sendo 15 deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o aposentado foi o milésimo paciente a receber alta dos hospitais de campanha do Recife e entrou nas estatísticas dos pacientes curados, que já chegam a 4.083 na capital pernambucana”, disse a gestão.

“Fui muito bem tratado aqui no hospital e agradeço muito a atenção que recebi” disse seu Manoel em boletim da PCR, emocionado e sorridente ao ver a filha caçula na saída do hospital, Vanderli Leandro. 

De acordo com a gestão, assim que foi decretada a pandemia de covid-19, em março, a Prefeitura do Recife iniciou imediatamente a construção de sete hospitais de campanha.

Além do Hospital Provisório Recife 2, nos Coelhos, a Prefeitura do Recife também tem o HPR 1, na Rua da Aurora, Santo Amaro; Hospital Provisório Recife 3, na Imbiribeira; além dos hospitais de campanha erguidos nas áreas externas das Policlínicas Amaury Coutinho, na Campina do Barreto; Barros Lima, em Casa Amarela; e Arnaldo Marques, no Ibura, além da unidade construída na área externa do Hospital da Mulher do Recife (HMR), no Curado. 

“Além destes sete hospitais em funcionamento, a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife possui leitos para covid-19 na Policlínica Agamenon Magalhães, em Afogados, e no Hospital Evangélico de Pernambuco, unidade filantrópica conveniada à Sesau. Ao todo, nas nove unidades, são 1.075 leitos municipais, sendo 313 de UTI e 762 de enfermaria. Os leitos são abertos gradativamente, à medida que chegam mais respiradores e profissionais”, informou a PCR, nesta terça. 

Nesta terça-feira (26), estão em funcionamento 764 leitos municipais, sendo 127 UTIs e 637 enfermarias. A Prefeitura contratou mais de 3.600 profissionais, adquiriu mais de dez mil equipamentos médico-hospitalares e mais de 3,5 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).


FECHAR