publicidade
19/05/20
Avenida Conde da Boa Vista, no Recife, durante o isolamento social. Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Avenida Conde da Boa Vista, no Recife, durante o isolamento social. Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Recife, Olinda, Jaboatão, Camaragibe e São Lourenço têm isolamento superior a 50% no primeiro dia de bloqueios rígidos

19 / maio
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 10:20

As cidades de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata registraram índices de isolamento social superior a 50% nesta segunda-feira (18), primeiro dia útil dos bloqueios rígidos. Os cinco municípios estão em “lockdown” desde o sábado (16) e têm, inclusive, rodízio de veículos no trânsito.

No fim de semana, as cinco cidades registraram índices superiores a 60%. No entanto, como a segunda-feira é um dia útil, com mais trabalhadores nas ruas, ainda que a recomendação seja sair apenas quem trabalha em serviço essencial ou para comprar alimentos e remédios, por exemplo, já era esperada a queda, nos bastidores das gestões.

Na segunda-feira (18), o Recife registrou índice de isolamento de 55,5%, o maior entre as cidades de Pernambuco. Olinda teve 55,4%, e Camaragibe, 52,5%.

LEIA TAMBÉM:
> Paulo Câmara testa positivo para coronavírus. Governador de Pernambuco vai entrar em isolamento domiciliar
> Governo começa a pagar segunda parcela do auxílio emergencial. Veja o calendário de pagamentos
> Empresa dos Estados Unidos anuncia que vacina contra coronavírus testada em humanos gera ‘resposta imunológica e é segura’

Mesmo sem quarentena rígida, a Ilha de Itamaracá e a cidade do Paulista desbancaram Jaboatão dos Guararapes e São Lourenço da Mata, estas duas últimas em “lockdown”. O prefeito de Paulista, Júnior Matuto (PSB), pediu ao governador Paulo Câmara que a cidade entre também nos bloqueios rígidos.

Itamaracá teve 53,3%, enquanto Paulista ficou com 52,3%. Ambas à frente dos índices de Jaboatão (52,2%) e de São Lourenço da Mata (51,8%).

As dez maiores taxas de isolamento social em Pernambuco na segunda-feira (18). Foto: Reprodução/Painel MPPE e In Loco

VEJA MAIS: Prefeitura do Recife pagará R$ 6 milhões por sepulturas de fibra de vidro no Parque das Flores

Os números foram revelados nesta terça (19) pelo Painel de Índice de Isolamento Social, feito em parceria do Ministério Público de Pernambuco com a empresa de tecnologia In Loco.

Apesar dos números terem superado 50%, o índice considerado ideal pelas autoridades de saúde é de 70%, para que o contágio do coronavírus seja reduzido e haja menor sobrecarga na rede de saúde.

>> Vacina para coronavírus supera vídeo de Bolsonaro, Paulo Marinho e Felipe Neto

Piores taxas

A pior taxa de isolamento social em Pernambuco foi registrada em Fernando de Noronha, apenas 22,2%.

Na noite desta segunda (18), moradores de Noronha fizeram um protesto contra o administrador do Arquipélago, Guilherme Rocha. Segundo os manifestantes, após Noronha ter zerado os casos de covid-19, 13 servidores chegaram ao local no último domingo (17) com suspeitas de coronavírus sem terem ficado em quarentena antes de circular pelas ruas.

Nove cidades do Estado se somam ao Arquipélago entre as menores taxas de isolamento social: Tuparetama, Lajedo, Solidão, Palmeirina, Chã de Alegria, Tabira, Machados, Vertente do Lério e Afogados da Ingazeira.

As dez menores taxas de isolamento social em Pernambuco na segunda-feira (18). Foto: Reprodução/Painel MPPE e In Loco


FECHAR