publicidade
03/04/20
Foto: Marly Ribeiro/Divulgação
Foto: Marly Ribeiro/Divulgação

‘Não é momento de fazer política com a dor do outro’, diz Célia Sales

03 / abr
Publicado por jamildo em Notícias às 14:15

A Prefeitura de Ipojuca defendeu a licitação em que consta ‘sedan de representação blindado’ e fala em ‘necessidades de transporte neste tempo em que a pandemia está instalada’

Veja a nota oficial enviada ao blog

Sobre a publicação feita pelo blog, a Prefeitura do Ipojuca esclarece que responderá aos argumentos contidos na matéria em respeito ao povo ipojucano, mesmo o texto revelando a origem da maldade quando diz que a licitação “chamou a atenção de políticos da oposição”.

A licitação em questão foi assinada por diversas secretarias exatamente porque visa suprir as necessidades de transporte delas neste tempo em que a pandemia está instalada, mas também para o período posterior a ela.

O jetski, por exemplo, é uma necessidade da Secretaria de Defesa Social, responsável pelos Salva Vidas que, neste momento, fazem a fiscalização do litoral ipojucano que está interditado para evitar a disseminação do COVID-19.

Ipojuca possui a maior orla do estado de Pernambuco, são 33 km, e a locação deste veículo é essencial para a efetiva fiscalização.

Assim também como os veículos que serão adquiridos para a área de saúde, tão necessários para o cuidado e o atendimento dos casos suspeitos do novo Coronavírus.

Também é importante ressaltar que já havia programação para esta licitação em razão de um contrato emergencial que está com vencimento próximo.

Sem esta licitação passaríamos a ter contratos destinados a objetos comuns à administração pública, como locação de veículos, de forma irregular e estaríamos em desobediência às orientações do TCE.

A Prefeitura do Ipojuca informa também que todo processo bem como o desenho das especificações/quantidades foi construído de forma conjunta com o Tribunal de Contas de Pernambuco, através de encontros periódicos com auditores do órgão fiscalizador.

No entanto, fará a locação apenas do que for necessário para este momento de calamidade pública, sendo a economia dos demais itens direcionada para as ações de combate ao Coronavírus.

No mais, a gestão municipal reforça o pedido da prefeita Célia Sales, feito em pronunciamento no último dia 27, de que “não é momento de fazer política com a dor do outro”, nem tampouco confundir a população.

A Prefeitura do Ipojuca está remanejando recursos de diversas áreas para a Saúde e para a Assistência Social, além de triplicar o número de leitos para possíveis pacientes do COVID-19, mesmo o município ainda não possuindo nem um caso confirmado.


FECHAR