publicidade
21/03/20
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Coronavírus: governadores do Nordeste pedem à China leitos de UTI e equipamentos de respiração

21 / mar
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 10:15

Os governadores dos nove estados do Nordeste solicitaram à Embaixada da China que o país asiático, primeiro epicentro do novo coronavírus, auxilie a região por meio do envio de materiais, insumos e equipamentos de saúde para auxiliar no combate à covid-19. 

“Em especial, temos necessidade de leitos de UTI e respiradores, pois a projeção dos enfermos indica que haverá um déficit desses equipamentos no momento de pico da pandemia”, dizem os governadores, em carta.

LEIA TAMBÉM
» Coronavírus: Senado aprova decreto de calamidade pública na primeira sessão virtual da história
» Paulo Câmara determina fechamento do comércio a partir de domingo em Pernambuco
» Prisco Bezerra, do Ceará, é o terceiro senador com o novo coronavírus
» Governadores pedem suspensão do pagamento da dívida para investir em combate ao coronavírus

O ofício foi enviado ao embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, e teve o aval dos governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Flávio Dino (Maranhão), Wellington Dias (Piauí), Camilo Santana (Ceará), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), João Azevêdo (Paraíba), Renan Filho (Alagoas), Belivaldo Chagas (Sergipe) e do presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, governador da Bahia.

“Podemos receber doação, mas, se a China pode vender por um preço justo, podemos comprar para pagamento em prazo compatível, mas aqui no Brasil o governo precisa autorizar”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

O governador do Piauí disse que os estados precisam de ventiladores e kits de proteção e exames.

“Temos uma frota gigante de aviões parados que podem transportar esses insumos. Basta o Governo Federal autorizar. O Piauí e outros estados têm proposta de empréstimo pronta para ser liberada, por que não liberam?”, indagou o petista.

VEJA TAMBÉM:
» Bolsonaro compara coronavírus a gravidez e critica governadores
» Enquanto Bolsonaro fala em ‘histeria’, Moro e Mandetta decretam isolamento compulsório

Os gestores nordestinos representam 57 milhões de pessoas que residem no Nordeste.

Foto: Divulgação

Redução de casos na China

A solicitação dos governadores à China acontece no momento em que o país registra queda no número de casos do novo coronavírus. Desde quinta-feira (19), o território chinês não registra transmissão local do vírus. Neste sábado (21), a China registrou 41 casos de infecção, todos importados de outros países.

Ao todo, mais de 81 mil casos foram registrados na China. O número de mortes também caiu drasticamente, com sete mortes neste sábado, todas na província de Hubei, cuja capital é Wuhan, cidade com alto contágio inicialmente.

O número de mortos na China, 3.255, foi superado nesta semana pela Itália, onde mais de 4.000 pessoas já morreram.

A pandemia já infectou mais de 250 mil pessoas em todo o mundo, com mais de 11 mil óbitos.


FECHAR