publicidade
16/02/20

Adeppe rebate declaração de Coronel Meira e diz que delegados da Draco não admitem ingerência política

16 / fev
Publicado por jamildo em Notícias às 16:30

Em um comunicado à categoria e enviado também à imprensa, a Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), com diplomacia, divulgou uma nota de apoio aos Delegados e Delegadas do Dracco, em resposta à declaração do Coronel Meira enviada à imprensa em 14/02.

O coronel Meira havia divulgado que estava sendo grampeado pela Polícia Civil de Pernambuco e enviou documentação para a Polícia Federal pedindo providências. O coronel é um dos representantes do partido Aliança pelo Brasil, do presidente Bolsonaro, adversário do PSB em Pernambuco.

“A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco vem a público manifestar apoio aos delegados de polícia do departamento de repressão à corrupção e ao crime organizado, DRACCO, ao mesmo tempo em que esclarece que o DRACCO é composto por Delegados e Delegadas compromissados com a sociedade, que vem desempenhando o seu trabalho com impessoalidade e independência, agindo de acordo com a legislação em vigor”, diz a nota da Adeppe.

“Os Delegados de Polícia não admitem e nem cedem a qualquer tipo de ingerência política, de qualquer autoridade que seja, inclusive oriunda de ordem manifestamente ilegal como a que foi supostamente aduzida por Luiz de França e Silva Meira, em declaração datada de 14/02/2020 e enviada à imprensa.”, concluiu a entidade.


FECHAR