publicidade
03/02/20
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Três partidos sinalizam para aliança em torno da Delegada Patrícia Domingos no Recife

03 / fev
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 11:02

A delegada Patrícia Domingos pode construir a aliança outrora deseja por Joaquim Francisco e agora pregada pela oposição na disputa pela Prefeitura do Recife. A costura envolve três partidos: Podemos, PSC e PL. Os três partidos têm dado sinais de que podem embarcar na candidatura da delegada caso ela confirme que vai entrar na disputa pelo comando da capital pernambucana.

No sábado (1º), enquanto bolsonaristas realizavam evento de apoio ao Aliança pelo Brasil, Patrícia participou de prévia carnavalesca em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, ao lado do deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) e do presidente municipal do Podemos, Weberson Florêncio.

Recentemente, o blog revelou que Patrícia Domingos fechou um acordo informal com o presidente do Podemos em Pernambuco, deputado federal Ricardo Teobaldo, para ser pré-candidata a prefeita do Recife, nestas eleições. A expectativa é que a assinatura da ficha de filiação ocorra em fevereiro, no Recife. 

Fonte ouvida pelo blog de forma reservada disse que a delegada tem demonstrado, em conversas informais, admiração pelo senador Álvaro Dias, expoente nacional do Podemos, e pelo deputado Ricardo Teobaldo, além de ser alinhada ao ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, atual ministro da Justiça do governo Bolsonaro e que o Podemos pretende lançar na disputa presidencial em 2022.

LEIA TAMBÉM:
» Delegada Patrícia Domingos vai se filiar ao Podemos em fevereiro e será pré-candidata a prefeita no Recife
» Delegada Patrícia Domingos ‘rouba’ votos de Daniel e Mendonça e afunda tese de candidatura única no Recife
» Delegada Patrícia Domingos ‘limou’ evento do Aliança e foi ‘brincar’ em bloco de Carnaval de Boa Viagem

Na luta pela composição de apoios no Recife, o Podemos estava nos planos do pessoal do Aliança pelo Brasil, dos bolsonaristas. No entanto, a legenda, no plano nacional, tem se desgarrado de Bolsonaro, depois da briga do presidente com o PSL. 

PSC e PL

Procurado pelo blog nesta segunda-feira, o deputado Wanderson Florêncio (PSC) defendeu abertamente o nome da delegada Patrícia Domingos. “Vou lutar para que o PSC esteja junto com Patrícia Domingos, meu irmão junto com o deputado Ricardo Teobaldo tem feito o mesmo esforço no Podemos. O momento exige renovação e uma pessoa que defenda a ética e a moralidade”, disse o parlamentar.

Wanderson Florêncio também acredita que a oposição pode se unir em torno do nome da delegada, caso ela opte por entrar na disputa pela Prefeitura do Recife.

“Daniel Coelho, Mendonça, Silvio Costa Filho e André Ferreira têm total capacidade de governar o Recife, mas creio que o momento é de renovação e uma pessoa do perfil de Patrícia Domingos é ideal para essa circunstância. A oposição está unida, e, no momento certo, ela pode ter apoio do restante da oposição, já que Patrícia representa o desejo da sociedade”, afirmou o Wanderson.

VEJA MAIS:
» Líder da oposição, Marco Aurélio diz que Patrícia Domingos é bem-vinda na oposição
» Bolsonaro terá candidato próprio no Recife se Aliança conseguir registro na Justiça, diz aliado próximo ao presidente

A costura também pode envolver o PL, presidido pelo em Pernambuco pelo prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, que também faz oposição ao PSB.

O tempo de propaganda no rádio e na TV é o principal combustível da aliança em torno da Delegada Patrícia Domingos.

O tempo de propaganda partidária é proporcional às bancadas na Câmara Federal. Juntos, os três partidos possuem 60 deputados federais de um total de 513.


FECHAR