publicidade
27/01/20
Humberto Costa na Rádio Jornal (Foto: Filipe Jordão/JC Imagem)
Humberto Costa na Rádio Jornal (Foto: Filipe Jordão/JC Imagem)

PT já contrariou Lula ‘várias vezes’, diz Humberto sobre candidatura de Marília

27 / jan
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 11:43

Em entrevista à Rádio Jornal, o senador Humberto Costa (PT) disse que o partido ja contrariou opiniões do ex-presidente em várias ocasiões. A afirmação ocorreu após o petista ser questionado sobre a possibilidade de candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife.

“Na eleição de 1990, por exemplo, quando Paulo Rubem foi nosso candidato a governador, o desejo de Lula era que nós apoiássemos a candidatura de Jarbas Vasconcelos. Em 2008, quando João da Costa foi candidato, o desejo de Lula era que tivesse sido eu. Teve vários outros momentos que isso aconteceu”, afirmou o senador em entrevista à Rádio Jornal.

A declaração acontece um dia depois do ex-presidente Lula afirmar ao UOL que o PT “não pode abrir mão” de ter candidatura própria no Recife.

LEIA TAMBÉM:
-Após Lula acenar para Marília Arraes, presidente do PT no Recife mantém defesa de aliança com PSB
-Marília Arraes critica Geraldo Julio e PSB por responsabilizar Bolsonaro por problemas no Recife
-Decisão de Marília Arraes de sair candidata ou não pode afetar chapa da Direita no Recife

Reunião com Lula em São Paulo

Nesta terça-feira (28), haverá uma reunião na sede do PT Nacional, em São Paulo, na qual também será abordada a hipótese de candidatura à Prefeitura do Recife.

Participam do encontro, além de Humberto, a deputada federal Marília Arraes, o presidente do PT no Recife, Cirilo Mota, e o presidente estadual do partido, deputado estadual Doriel Barros. O ex-presidente Lula deverá participar do encontro.

“A reunião de amanhã é parte de um processo. Não vai sair a decisão definitiva. Certamente, o ex-presidente Lula vai manifestar sua opinião que não é novidade. Ele defende que haja candidatura nas cidades onde há propaganda de rádio e TV”, disse Humberto.

O senador também disse que o encontro não vai definir nomes e confirmação de candidatura nesta terça-feira (28).

“O processo está começando. Temos um calendário definido pelo PT nacional que vai ser cumprido. Teremos o debate no diretório municipal, o encontro municipal com todos os filiados para tomar essa decisão. E a última palavra será dada pelo diretório nacional. A opinião de Lula é importante vai ser levada em conta, mas está apenas começando essa discussão”.

VEJA TAMBÉM: Especialista diz que, sem Marília Arraes candidata, dificilmente PT faz os cinco vereadores que planeja ter

 


FECHAR