publicidade
26/01/20
Foto: AFP
Foto: AFP

Bolsonaro diz que não pediria a Trump para mudar tratamento a brasileiros deportados

26 / jan
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 16:10

Após brasileiros que foram deportados dos Estados Unidos terem relatado o uso de algemas nas mãos e nos pés na viagem para o Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pediria ao norte-americano Donald Trump outro tratamento.

“Você acha que eu vou pedir para ele descumprir a lei dele? Tenha santa paciência”, respondeu a jornalistas em coletiva de imprensa na Índia.

“É só você não ir para os Estados Unidos de forma ilegal”.

LEIA TAMBÉM
» Decreto de Bolsonaro permite que CGU acesse informações fiscais protegida por sigilo fiscal
» ‘Cada vez mais o índio é um ser humano igual a nós’, diz Bolsonaro
» Bolsonaro volta atrás e diz que não há chance de recriar Ministério da Segurança

O presidente aproveitou para criticar as audiências de custódia brasileiras. “Qual país está dando certo: Brasil ou Estados Unidos?”, perguntou duas vezes.

A realização das audiências de custódia está prevista em tratados internacionais dos quais o Brasil faz parte, como a Convenção Interamericana de Direitos Humanos, que é o Pacto de San Jose. Nelas, o preso deve ser apresentado a um juiz, que deverá avaliar a legalidade e a necessidade da prisão, após posição também do Ministério Público.


FECHAR