publicidade
24/01/20
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Bolsonaro volta atrás e diz que não há chance de recriar Ministério da Segurança

24 / jan
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 8:39

Do Blog de Jamildo, com informações de O Globo

Após admitir que o governo estudaria a proposta de secretários estaduais de dividir o ministério comandado por Sergio Moro, retirando da pasta a área de segurança pública, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recuou nesta sexta-feira (24). Ao desembarcar na Índia, Bolsonaro afirmou ao jornal O Globo que está descartada a possibilidade de mudança na gestão agora.

“A chance no momento é zero. Tá bom ou não?”, disse na chegada a Nova Déli.

O presidente ressaltou, no entanto, que pode voltar atrás e afirmou que, apesar de não ter a intenção de dividir o ministério de Moro, “na política, tudo muda”.

“Os números indicam que está indo no caminho certo, e a minha máxima é: em time que está ganhando não se mexe”, alegou, segundo o jornal.

Em reunião com secretários estaduais de segurança pública, entre eles o de Pernambuco, Antônio de Pádua, Bolsonaro recebeu a solicitação de que o ministério da área fosse recriado. A pasta foi incluída na administração federal no governo anterior, de Michel Temer (MDB), com Raul Jungmann como ministro.

Quando Bolsonaro assumiu, fundiu o ministério ao da Justiça. Jungmann e Moro, seu sucessor, tiveram atritos pelas redes sociais nos últimos dias em uma disputa de paternidade pela redução da criminalidade no país.


FECHAR