publicidade
24/01/20

Ao lado de Geraldo Julio, João da Costa pede união política para viabilizar obras no Recife

24 / jan
Publicado por jamildo em Notícias às 16:02

A fala pode ter sido interpretada como um recado para a deputada federal Marília Arraes.

Ao participar da inauguração da revitalização do canal Rio da Prata, no Ibura, o vereador do Recife, João da Costa (PT), enfatizou a necessidade de unidade política para continuar melhorando a vida da população e realizando obras na capital pernambucana.

A convocação foi feita ao destacar a união dos moradores da comunidade para viabilizar a obra.

De acordo com sua assessoria, “os recursos para a benfeitoria foram assegurados ainda na gestão do petista na Prefeitura, em 2011, e fez parte de um projeto que previa a reconstrução de 12 canais no município”.

“Essa obra representa bem a união do povo. Ninguém ficou brigando. Todo mundo se juntou porque achava que era importante para o Ibura”, iniciou João da Costa.

“Estamos vivendo uma situação no País que exige essa unidade para lutar contra um governo que está retirando direitos do povo. Mudando aposentadoria, alterando a legislação trabalhista que só prejudica os mais pobres. Retirando dinheiro da Saúde e Educação. E esse pessoal quer retirar do Recife as forças políticas que, junto com o povo, ao longo de 20 anos, trabalharam para melhor a vida das pessoas”, disse, batendo como Geraldo Julio em Bolsonaro.

Ao discursar para os moradores do Ibura de Baixo ao lado do prefeito Geraldo Julio (PSB), João da Costa recordou a contribuição decisiva do ex-governador Eduardo Campos (PSB) para incluir a revitalização do canal do Rio da Prata no PAC Macrodrenagem.

“Eduardo foi fundamental ao nos ajudar a viabilizar esta obra. Ele foi um grande parceiro dos governos Lula e Dilma”, lembrou o vereador petista.

“Vamos mirar no exemplo do povo para que a gente continue esta grande unidade, que vai continuar Geraldo. A unidade deste palanque vai viabilizar aquilo que ainda precisa ser feito no Recife”, disse o vereador João da Costa.

A revitalização do canal do Rio da Prata incluiu, além da reconstrução do canal, a pavimentação de 12 ruas, construção de praça, de seis pontes e quatro áreas de lazer para a comunidade.

A obra está avaliada em mais de R$ 31 milhões, custeadas com recursos advindos de parceria com o governo federal ainda na gestão do ex-presidente Lula (PT).


FECHAR