publicidade
26/12/19
Humberto Costa (Foto: Leo Mott/JC Imagem)
Humberto Costa (Foto: Leo Mott/JC Imagem)

Humberto Costa acena para o PSB e prega união contra Bolsonaro

26 / dez
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 16:25

Em meio à tentativa de uma ala do PT em lançar a candidatura da deputada federal Marília Arraes à Prefeitura do Recife, o senador Humberto Costa aproveitou a inauguração do Compaz Miguel Arraes, na Zona Oeste, para sinalizar para o PSB.

“Geraldo [Julio, prefeito do Recife pelo PSB], eu venho trazer palavra de reconhecimento desejar que possamos estar juntos”, afirmou no seu discurso.

LEIA TAMBÉM
» Discursos na inauguração do Compaz colocam Bolsonaro no alvo de críticas
» João Campos é exaltado por socialistas na inauguração do Compaz

O petista foi um dos políticos que criticaram o governo Jair Bolsonaro (sem partido) na entrega do equipamento e pregou unidade contra o grupo dele.

“Esse é um momento em que podemos ter a exata dimensão entre quem nos governa no nível federal e muitos que já governaram o Brasil e que hoje governam uma parte importante do pais, entre os quais colocamos os governadores do Nordeste. O governo federal tem um ano que assumiu e durante um ano não vimos a construção de uma única obra que tivesse finalidade social”, acusou.

João Campos discursando na inauguração do Compaz. Atrás dele, Humberto Costa e outros políticos (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)

No mesmo evento, o nome do deputado federal João Campos, primo de Marília Arraes e provável nome do PSB para as eleições de 2020 no Recife, foi levantado pelos socialistas.

O apoio dos petistas ao PSB foi consolidado em 2018, com uma decisão do PT para retirar o nome de Marília Arraes da disputa estadual.

Os partidos haviam rompido no Recife em 2012 e, nacionalmente, no ano seguinte.

Ao falar para a Executiva Nacional do partido, após ser solto, em novembro, o ex-presidente Lula defendeu o protagonismo do PT e candidaturas do partido nas maiores cidades. Dias depois, quando esteve no Recife, se encontrou tanto com João Campos quanto com Marília Arraes.


FECHAR