publicidade
19/12/19
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Edilson Rodrigues/Agência Senado

Cristovan Buarque aponta 24 erros que a esquerda precisa encarar, antes de tentar voltar ao poder

19 / dez
Publicado por jamildo em Notícias às 19:30

O legado do tempo dos progressistas no poder

O livro Por que falhamos: o Brasil de 1992 a 2018, de autoria de Cristovam Buarque, traz uma reflexão necessária e urgente sobre o período em que os governos de orientação progressista e democrática estiveram no poder, e que terminou com a guinada conservadora nas eleições do ano passado.

Com um texto contundente e direto, o autor aponta a frustração da expectativa de que, nesse tempo único na história brasileira, seriam concretizadas as transformações estruturais ansiadas pelo país.

Na sua avaliação, a mancha da corrupção e a defesa dos interesses corporativistas ficaram como marcas incômodas desse período.

Ao escrever na primeira pessoa do plural, Cristovam Buarque assume sua parcela de responsabilidade pelos acontecimentos que atravessaram um quarto de século e legaram um país sem coesão e sem rumo. Como intelectual e militante de esquerda, sua preocupação é evitar a busca de culpados individuais ou de erros menores no decorrer dos processos eleitorais.

A visão desse autor é que os chamados líderes democratas-progressistas “não estiveram à altura do desafio que a história nos ofereceu”.

Mais do que isso, ele acredita que a construção do futuro começa pela autocrítica do passado.

“Não há como acertar os passos na jornada em frente, sem lembrar das pedras que provocaram tropeços nos caminhos anteriores”.

As lições que o autor procura extrair para a construção desse futuro passam por questões cruciais em diversos aspectos da vida brasileira. Na área econômica, destaca-se o reconhecimento de que o excesso de gastos levou o Estado à insolvência ao mesmo tempo em que foi contaminado pela corrupção.

Na esfera política, o culto à personalidade e a recusa da realidade terminaram, na sua visão, “por aprisionar nossa linguagem, análises, táticas e estratégias”.

Com uma trajetória na área educacional, Cristovam Buarque critica as universidades estatais, considerando-as capturadas pelos interesses de professores e alunos, ao invés de servirem ao conjunto da sociedade.

Ficha técnica
Título: Por que falhamos – o Brasil de 1992 a 2018
Autor: Cristovam Buarque
Coordenação editorial: Beth Cataldo
Projeto gráfico e formatação: Sérgio Luz


FECHAR