publicidade
11/12/19
Foto: Ana Araújo-Faquini/ Portal da Copa
Foto: Ana Araújo-Faquini/ Portal da Copa

TCE adia julgamento da Arena Pernambuco

11 / dez
Publicado por jamildo em Notícias às 12:02

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) adiou o julgamento da auditoria especial da Arena Pernambuco para a próxima terça-feira (17).

O julgamento inicialmente estava previsto para ocorrer nesta quinta-feira (12).

O relator é o conselheiro Dirceu Rodolfo, recentemente eleito presidente do TCE.

LEIA TAMBÉM
» Seis anos depois da entrega da obra, TCE marca julgamento da Arena Pernambuco
» Após recurso de Geraldo Julio no STJ, inquérito da Arena Pernambuco é retirado da primeira instância
» Cade investigará suposta formação de cartel na Arena de Pernambuco
» Fundação que elaborou estudos sobre a Arena Pernambuco é apontada por Sérgio Cabral como ‘biombo’ para ‘propina’

Em nota, a assessoria do TCE informou que o julgamento será em “sessão fechada”, sem acesso do público e da imprensa.

“Como algumas peças do processo correm em segredo de Justiça por determinação do STF, a sessão será fechada, não sendo possível o acesso do público”, diz a nota do TCE.

A obra foi entregue ao Governo do Estado pela empreiteira Odebrecht em junho de 2013, no governo de Eduardo Campos (PSB).

Após a Copa do Mundo de 2014, o Governo do Estado fez uma concessão administrativa à Odebrecht, através de um consórcio, para gestão da Arena.

» Três anos após Paulo Câmara romper contrato com Odebrecht, Arena Pernambuco não voltou para gestão privada
» Secretário de Turismo põe em dúvida venda da Arena e planeja trocar área para reformar Centro de Convenções
» Governo nega irregularidades na Arena Pernambuco
» TCE promete concluir e julgar caso da Arena Pernambuco em janeiro de 2019

Em março de 2016, o governador Paulo Câmara (PSB) rompeu o contrato de concessão, alegando um alto custo financeiro para o Estado, mencionado, na época, em cerca de 5 milhões de reais por mês.

A gestão da Arena passou para Empetur, estatal de turismo do Estado.

A estatal não tem conseguido atrair muitos jogos de futebol para a Arena.

Os três principais times do Estado tem priorizado seus próprios estádios, no Recife.

» Provocado pelo MPF, MPPE nega omissão na Arena, mas abre novo inquérito para investigar Paulo Câmara
» Abandono do Náutico reabre discussão sobre futuro da Arena Pernambuco
» Inquérito da Arena Pernambuco ficará com Polícia Civil. PF confirma que não investigará Paulo e Geraldo
» Arena Pernambuco: STJ manda inquérito sobre Paulo e Geraldo para Vara do Recife e determina ‘sigilo no interesse das investigações’

Em 2016, foram criados 26 cargos em comissão para administrar a Arena.

Na época, o Governo do Estado chegou a dizer que pretendia privatizar novamente o estádio no prazo de seis meses, o que não ocorreu.

Segundo notas posteriores do Governo, a privatização da Arena estaria em estudos de viabilidade.


FECHAR