publicidade
27/11/19
Foto: Guga Matos / JC Imagem
Foto: Guga Matos / JC Imagem

Chefe de gabinete de Paulo Câmara ironiza redução de estimativa do salário-mínimo por Paulo Guedes e Bolsonaro

27 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 15:35

O chefe de gabinete do governador de Pernambuco, Milton Coelho (PSB), fez uma postagem na rede social ironizando a redução da estimativa para o salário-mínimo de 2020, decidida pelo Governo Federal nesta terça-feira (27).

Milton postou uma charge, na qual Guedes e Bolsonaro pediam que o salário-mínimo “nunca crescesse”.

O salário mínimo para o próximo ano ficará em R$ 1.031, anunciou, no fim da tarde de terça-feira (26), o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

O valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano, que previa mínimo de R$ 1.039 para o próximo ano.

O novo valor do mínimo consta de mensagem modificativa do Orçamento de 2020 enviada pelo governo ao Congresso Nacional.

Segundo Rodrigues, a queda da projeção se justifica pela redução das estimativas da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para o próximo ano.

A mensagem modificativa reduziu para 3,5% a estimativa para o INPC em 2020, meio ponto percentual a menos que a projeção de 4% que constava no projeto de lei do Orçamento. A previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, caiu de 3,9% para 3,5%.

De acordo com os números divulgados nacionalmente, a estimativa de crescimento para a economia, em contrapartida, aumentou de 2,17% para 2,32%. A estimativa para a cotação média do dólar no próximo ano aumentou de R$ 3,80 para R$ 4.

Ao anunciar a revisão das estimativas, Rodrigues destacou que a nova política para o salário mínimo só será decidida nas próximas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro.

O secretário de Fazenda, no entanto, diz que o valor servirá de referência para o Palácio do Planalto.
(com informações da Agência Brasil)


FECHAR