publicidade
13/11/19
Foto: Alepe/Divulgação
Foto: Alepe/Divulgação

Câmara do Cabo suspende sessão que analisaria empréstimo de R$ 90 mi pedido por Lula Cabral

13 / nov
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 12:22

A Câmara de Vereadores do Cabo de Santo Agostinho suspendeu a sessão plenária que retomaria, na manhã desta quarta-feira (13), a discussão sobre o pedido de autorização para um empréstimo de R$ 90 milhões feito pelo prefeito da cidade, Lula Cabral (PSB).

Segundo a assessoria da Casa, a sessão precisou ser suspensa porque a secretária da Mesa Diretora, responsável pelo registro da ata das reuniões, passou mal e teve que ser encaminhada ao hospital. Sem a presença da funcionária, é “impossível” a realização das sessões, disse em nota a assessoria.

Ainda de acordo com a assessoria, o presidente da Câmara, Vicente Mendes Neto (PDT), conhecido como Neto da Farmácia, informou que a sessão, marcada para esta quarta (13), será realizada na próxima terça (19).

A Câmara ainda não esclarece, contudo, o placar da votação. Governistas e oposicionistas divergem sobre o resultado. 

Vereadores contrários a Lula Cabral afirmam que o resultado da primeira votação foi de 11 a seis, o que, se for mantido na segunda, não permite a contratação do crédito. Para a aprovação, são necessários dois terços da Casa, o que equivale a 12 parlamentares.

Já a base do prefeito diz que foram 12 a cinco, o que autorizaria o empréstimo.

Votaram contra o líder da oposição, Arimateia Jerônimo (PSDC), além de Ezequiel Santos (PT), Flávio do Fórum (PSB), José Maria e Ricardinho (Solidariedade).

A diferença está em um vereador: Domingos (PSC), contabilizado pela oposição, mas não pelos apoiadores de Lula Cabral. O Blog de Jamildo voltou a tentar nesta quarta (13) com o vereador e o seu chefe de gabinete, mas não atenderam às ligações e não responderam às mensagens. Também não foi possível contato por meio do telefone do gabinete do vereador.

O Blog também tentou mais uma vez contato com o presidente da Câmara, Vicente Neto (PDT), que atendeu à ligação e pediu para retornar mais tarde, mas não respondeu mais às ligações.

Empréstimo

O empréstimo de R$ 90 milhões, se for autorizado pela Câmara Municipal, será negociado com a Caixa Econômica Federal. O crédito deverá ser obtido através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

As obras devem ser para as praias de Gaibu e Enseada dos Corais, além de quatro áreas em Ponte dos Carvalhos. Entre os serviços estão pavimentação, drenagem e iluminação.

Lula Cabral

O projeto de lei foi assinado por Lula Cabral em 18 de outubro, três dias depois que ele retornou à prefeitura. O socialista ficou afastado do cargo por quase um ano, alvo de investigações do Ministério Público Federal (MPF).

De acordo com as apurações, que correm em segredo de justiça, Lula Cabral teria supostamente ordenado a transferência de mais de R$ 90 milhões do instituto de previdência municipal, o CaboPrev – que antes se encontravam investidos em instituições sólidas – para fundos de investimento que colocavam em em risco o pagamento da aposentadoria dos servidores.


FECHAR