publicidade
08/11/19
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Patrícia Domingos não descarta disputar a Prefeitura do Recife

08 / nov
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 15:10

A fala da delegada Patrícia Domingos, dada ao Blog de Jamildo, sobre a disputa pela Prefeitura do Recife nas eleições do ano que vem é de quem, definitivamente, está no jogo político. Isso é perceptível também ao comentar o seu desempenho em um levantamento sobre a eleição feito pelo Paraná Pesquisas. Na sondagem, ela aparece com 9% de intenção de voto em meio a figuras bastante conhecidas da política pernambucana. “Hoje eu tenho plena consciência de que eu tenho totais condições de concorrer, inclusive, para a majoritária dada a adesão popular tão grande e sem eu ter feito o menor esforço. Imagine se eu fizesse algum esforço se esses 9% não seriam mais?”, disse a delegada ao ser questionada sobre a pesquisa.

Considerando a margem de erro da pesquisa – que é de três pontos percentuais para mais ou para menos – ela empata tecnicamente com o ex-governador e ex-ministro Mendonça Filho (DEM) e o deputado federal João Campos (PSB), além de ficar colada com a deputada federal Marília Arraes (PT).

LEIA TAMBÉM
» Com reprovação em alta no Recife, Bolsonaro pode não funcionar como um bom cabo eleitoral
» Mendonça e João Campos lideram rejeição na disputa pela Prefeitura do Recife, diz pesquisa
» Recifenses estão divididos sobre avaliação de Geraldo Julio, diz pesquisa

O líder do Cidadania na Câmara dos Deputados, deputado Daniel Coelho, lidera o levantamento, empatando dentro da margem de erro com a petista.

O fato de ter aparecido também como o nome menos rejeitado entre os entrevistados pela pesquisa foi lembrada por ela mesma ao Blog. Atualmente sem partido, a delegada já recebeu convites de legendas interessadas no seu potencial, mas prefere não mencioná-los.

Apesar de dizer sempre que não é “candidata a nada, nem a síndica de prédio”, a ex-titular da Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) faz questão de ressaltar o “ainda” quando é questionada se pretende entrar na briga pela sucessão do prefeito Geraldo Julio (PSB).

Ela admite um “clamor” para que saia candidata à prefeitura entre as pessoas que a abordam nas suas idas ao shopping e a restaurantes, “ainda mais forte” nas redes sociais e até mesmo entre os seus colegas de profissão.

Questionada se poderia representar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela prefeitura, ela se esquivou, mas sem antes dar um tom estratégia política na fala. “Eu sou time Patrícia Domingos, eu jogo só. Até o momento eu jogo só. Se um dia eu precisar jogar com alguém, a gente escolhe”, cravou.

Tudo indica que esse “clamor” pela sua candidatura vai aumentar já que ela vai ser a embaixadora no Recife de um projeto de formação gratuita de candidatos à Câmara de Vereadores. Chamado de Protagonize, o projeto suprapartidário vai selecionar 80 pessoas para disputar o pleito de 2020. Os interessados podem se inscrever por aqui. 44 pessoas já se inscreveram.

“Hoje estou na posição de treinadora (de novas lideranças), não de jogadora. Eu já fui árbitra quando era delegada. Se um dia eu vou ser jogadora, eu não sei. Mas nesse momento ainda não”, disse.

O Protagonize tem inspiração em outro movimentos como o RenovaBR e o Raps.

Segundo Patrícia Domingos, contudo, o projeto abraçado por ela se diferencia por contar com palestras de lideranças políticas para repassar suas experiências aos alunos. Foi a delegada quem se aproximou do criador da iniciativa, o vereador de Cuiabá Felipe Wellaton (PV), para trazê-lo ao Recife.

Ainda de acordo com a delegada. a ação na capital conta com o patrocínio de pequenos empresários locais.

No dia 14 de dezembro, o projeto vai promover um curso presencial com palestrantes que podem ser eventuais adversários da delegada na disputa pelo comando da cidade como o próprio Daniel Coelho e o procurador do município Charbel Maroun (Novo), já anunciado oficialmente como pré-candidato.

A deputada estadual Priscila Krause (DEM), o líder da oposição ao governo Geraldo Julio na Câmara,vereador Renato Antunes (PSC), e o vereador Jayme Asfora completam a lista de palestrantes confirmados.

No curso, os participantes vão aprender sobre prestação de contas, quociente eleitoral e a escolha do partido no qual tenham mais condições de eleger, assessoria de imprensa, marketing político, além de captação de recursos para campanha.

O restante da formação é realizada por uma plataforma online.

Questionada sobre a lista de palestrantes apenas conter nomes de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB) e ao prefeito Geraldo Julio, a delegada responde de forma categórica que além da experiência política, pesou o fato dos políticos escolhidos de serem “fichas-limpas e sem escândalos”. 

“Especialmente, foram escolhidos pelo trabalho que vêm realizando e pelo fato de serem pessoas que têm conduta ilibada, que não tiveram com problemas com a justiça”, afirmou.

O mesmo critério vai ser utilizado, segundo ela, na seleção dos alunos.


FECHAR