publicidade
06/11/19

IPVA: em abril 167 mil estavam em débito no Estado. Estado ameaçou levar motoristas inadimplentes ao Serasa

06 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 15:54

Depois de ter mandado um projeto de lei para beneficiar com descontos nos débitos do IPVA, em atraso, o governo Paulo Câmara não informa o estoque da dívida. A Secretaria da Fazenda foi solicitada a informar os valores, mas se recusa a informar o montante.

Pois bem.

A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (SEFAZ-PE) divulgou, em abril deste ano, dados da dívida do IPVA.

Segundo o órgão, na época, 167 mil deviam para o Governo do Estado e seriam notificados por carga.

Na época, o coordenador do SEFAZ-PE alertou que, ao não pagar em dia o IPVA, a dívida “dobrava”.

“Acabou o prazo e não fez o pagamento? A dívida duplica”, disse em abril o coordenador da administração tributária, Anderson de Alencar Freire.

O Governo do Estado anunciou em abril que preparava com o DETRAN-PE uma série de “blitzs” para apreender os veículos que deviam IPVA.

“Quem não apresentar o IPVA pago, vai ter o carro retido para regularização. Deve optar por aplicativos de mobilidade para não ficar sem o veículo”, afirmou, na época, o coordenador da SEFAZ-PE.

Em abril, o representante da SEFAZ-PE disse que, se a dívida ainda não for quitada, o devedor seria inscrito na Dívida Ativa do Estado e o nome iria para o Serasa.

Na época, foram enviadas 167 mil cartas cobrando a dívida.

Esta semana, o governador Paulo Câmara (PSB) propôs uma lei, para dar um desconto de até 70% nos juros e multas de quem regularizar a dívida com o IPVA até 30 de dezembro.

A proposta está em discussão na Assembleia.


FECHAR