publicidade
04/11/19

Gestão Paulo Câmara ignora criticas de Bolsonaro e vai ‘vender’ 13º do bolsa família em mais 14 cidades

04 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 15:30

Depois de o presidente chamar diretamente o governador Paulo Câmara de ‘espertalhão’, ao se referir à propaganda do 13 salário para o bolsa família, pelo Estado, depois que a União lançou um decreto prevendo o pagamento federal este ano, o PSB deu de ombros para o opositor. Depois do Recife, na semana passada,o PSB acelerou ainda mais a divulgação da iniciativa local, prometida ainda na campanha de reeleição.

Na sexta-feira passada, Paulo Câmara “comandou” a primeira Caravana do 13º do Bolsa Família no Recife, na semana passada. Mais de 90 mil famílias são beneficiárias do Bolsa Família somente na capital, o que significa que aproximadamente 15,51% da população será contemplada. A expectativa é que até R$ 13,5 milhões sejam injetados na economia local. Dai a busca pela paternidade das ações sociais.

O evento foi no Compaz Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, ao lado do prefeito Geraldo Julio. O governador reuniu beneficiários do programa para esclarecer detalhes da iniciativa estadual de conceder, anualmente, até R$ 150 a título de parcela extra aos pernambucanos que participam do Bolsa Família federal.

“Hoje, viemos anunciar para os recifenses um programa que vocês já conhecem, porque anunciamos lá atrás, ainda no ano passado, quando garantimos que iríamos continuar olhando pelos que mais precisam. Por isso, instituímos aqui a 13ª parcela e, em fevereiro, a gente começa a pagar. Vamos ajudar mais de um milhão de famílias pernambucanas e mais de três milhões de pessoas a ter uma renda a mais, seja no comércio, na feira, no serviço. Vamos ajudar a melhorar a vida do povo pernambucano e continuar fazendo Pernambuco avançar”, afirmou Paulo Câmara, na sexta.

Durante esta primeira semana de novembro, a Caravana do 13º do Bolsa Família viaja para 14 cidades pernambucanas.

Quipapá, Vertente do Lério, Maraial, Jaqueira, Taquaritinga do Norte, Glória de Goitá, Itambé, Pombos, Chã de Alegria, São Benedito do Sul, Escada, Casinhas e Agrestina são os municípios que irão receber, de 04 a 08 deste mês, as equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ).

Segundo o Estado, durante o encontro, os beneficiários do programa vão conhecer os detalhes sobre a parcela extra do Bolsa Família, que será paga pelo Governo Estadual.

A Caravana acontece desde junho e já visitou mais de 100 cidades.

O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, disse que os encontros serão promovidos em todo o Estado.

“Vamos chegar aos 184 municípios pernambucanos, pois o nosso objetivo é conseguir estar junto dos beneficiários e ter um momento com todos eles para orientá-los. Dessa forma, conseguimos informar a população e combater as notícias falsas e possíveis golpes. Além disso, aproveitamos os encontros para direcionar os profissionais municipais sobre os procedimentos do Programa”, afirmou o gestor.

A iniciativa vai conceder anualmente uma parcela extra do benefício de até R$ 150 às famílias pernambucanas beneficiárias do programa federal.

Atualmente, 1.148.715 famílias são atendidas pelo Bolsa Família em Pernambuco, o que representa 35% da população do Estado.

De acordo com o PSB, a gestão estadual irá injetar cerca de R$ 175 milhões na economia por ano.

Para quem recebe abaixo de R$ 150, o programa estadual prevê a ampliação do valor através da inserção do CPF na Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFC-e. Essa norma está em vigor desde o dia 29 de março de 2019 e é válida para os 14 mil estabelecimentos credenciados com nota fiscal eletrônica.

O período de apuração vai até 31 de janeiro de 2020.

O reembolso pode chegar a até 5% do valor total das compras com a aquisição de itens de alimentação, medicamentos, material de higiene pessoal, material de limpeza, vestuário, calçado e gás de cozinha, não ultrapassando o limite de R$ 150,00.


FECHAR