publicidade
01/11/19
Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados
Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados

Fala de Eduardo Bolsonaro sobre volta do AI-5 e julgamento de Lula no STF podem estar interligados

01 / nov
Publicado por jamildo em Notícias às 15:40

A polêmica em torno da fala do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, pode ter relação com a pauta do STF, na visão de fontes da área política.

“Penso que, por traz disso (a polêmica do AI-5), está o julgamento do Supremo Tribunal Federal, na próxima semana, que vai soltar Lula. É uma movimentação preventiva, para blindar o Supremo. Como na próxima semana o Supremo vai soltar Lula, e há grande movimentação para impedir isso, usa-se (a polêmica do AI-5) como pretexto”, afirma a fonte do blog, analisado o cenário.

“O filho do presidente não pregou o AI 5. Ele elencou como uma das possibilidades. Ele não devia fazer isto, mas não é a mesma coisa que pregar. Enquanto o senador Humberto Costa defendeu um movimento nas ruas. Se vai um, o outro deve ir também”, acrescenta.

“Houve uma reação desmesurada à fala do filhote, com certeza. Dos ministros do Supremo, do pessoal do Congresso, pondo na ordem do dia a Democracia. Eu penso que, ante o risco de fechar o STF, ao soltar Lula, vale tudo. Quem assistiu o noticiário da Globo, viu que todos condenaram a fala. Começando por Rodrigo Maia e Alcolumbre. Mas esqueceram o mais importante, o próprio Bolsonaro. Não é estranho?”, comenta.

“Não corremos risco de uma Venezuela à direita. Estão exagerando no terror de esquerda na minha opinião, ninguém ia querer isso, nem o próprio Bolsonaro nem os generais. O fato dos filhos do presidente serem despreparados para dar qualquer tipo de declaração não justifica uma teoria conspiratória de golpe à direita. Só estou estranhando FHC não ter falado nada sobre o AI-5, deve estar mal de saúde.”, avalia outra fonte.


FECHAR