publicidade
01/11/19
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Augusto Coutinho defende punição a Eduardo Bolsonaro por fala sobre AI-5

01 / nov
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 19:24

O líder do Solidariedade na Câmara dos Deputados, Augusto Coutinho (PE), defendeu, em entrevista ao Resenha Política nesta sexta-feira (1º), que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) seja repreendido pelo Conselho de Ética da Casa.

O filho mais novo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na política declarou que um novo AI-5 poderia servir como uma “resposta” para o que considera ser uma radicalização da esquerda.

LEIA TAMBÉM
» Oposição vai ao STF contra Eduardo Bolsonaro após fala sobre AI-5
» Maia diz que fala de Eduardo Bolsonaro sobre AI-5 é passível de punição
» O que foi o AI-5, citado por Eduardo Bolsonaro
» Políticos reagem a declaração de Eduardo Bolsonaro sobre AI-5

Amigo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Coutinho também classificou a fala de Eduardo Bolsonaro como “repugnante”.

“As pessoas precisam ter responsabilidade quando falam. O deputado que faz colocações desse tipo precisa, sim, ser repreendido pelo Conselho de Ética”, disse.

“Eduardo se posicionou de uma forma muito infeliz, uma coisa inaceitável”, afirmou. “Tem que ser debatido, sim, na Comissão de Ética, para que não seja simplesmente um ‘falei, me desculpe'”.

O pedido de cassação de Eduardo Bolsonaro foi apresentado pela oposição ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Em entrevista à Folha de S. Paulo, o presidente do colegiado, Juscelino Filho (DEM-MA), afirmou que a declaração foi “grave”.

Assista à íntegra do Resenha Política com Augusto Coutinho


FECHAR