publicidade
28/10/19
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No Cabo, Lula Cabral corta funções gratificadas de servidores. Opositor critica

28 / out
Publicado por jamildo em Notícias às 17:15

O empresário Eduardo Cajueiro, presidente do Diretório Municipal do PTB do Cabo e pré-candidato a prefeito da cidade aproveitou a passagem da data do dia do servidor para criticar o atual prefeito, Lula Cabral. O mote foi uma decisão administrativa do começo do mês, quando um decreto assinado pelo prefeito revoga todas as concessões de função gratificada dos servidores públicos municipais da administração direta e indireta.

“Sem nenhum tipo de explicação ou justificativa prévia. Tal ato, em si, não tem nada de ilegal, porém, causa estranheza a atitude do gestor em “aniquilar” com uma só canetada todos as gratificações concedidas aos servidores sem, no entanto, estabelecer nenhum tipo de critério que direcione esse corte ou que norteie a volta ou não do pagamento dessa “concessão”!”, afirmou

“… vivemos no Cabo, uma situação atípica na administração que retorna agora e, numa aparente disputa “territorial” e política com o vice que ocupou o seu lugar, queira colocar, no centro dessa disputa de poder e interesse, o servidor público do município, que passa a ser alvo fácil da “bem querença” ou não do Chefe do Executivo atual e vulnerável a sua “canetada”! Aproveitei a oportunidade para me solidarizar com todos aqueles que estão sendo vítimas dessa atitude mesquinha, insensível e desumana do prefeito do Cabo de Santo Agostinho na certeza que, tempos melhores estão por vir! Estou junto com vocês!”

 

Outro lado.

Informada da crítica, a gestão do PSB não respondeu. “É do Cabo? De tão desconhecido e desprezível não merece resposta”, informou a gestão da cidade.


FECHAR