publicidade
23/10/19
Foto: Alexandre Amarante/Divulgação
Foto: Alexandre Amarante/Divulgação

Tulio Gadelha ganha concorrência no PDT para disputa pelo Recife. Manobra de Queiroz esvaziar aliado

23 / out
Publicado por jamildo em Notícias às 17:30

O pré-candidato Tulio Gadelha já deveria saber que não teria vida fácil para disputar a prefeitura do Recife.

A família Queiroz, interessada no apoio dos socialistas em Caruaru, como na retribuição do apoio na capital, já começam a colocar em prática estratégia de minar as chances do deputado federal Tulio Gadelha, que tem o apoio de Ciro Gomes.

Pois bem.

Nesta quarta-feira, sete movimentos sociais do PDT anunciaram nesta quarta-feira o apoio ao nome de Wellington Batista a prefeitura do Recife.

Os movimentos pedetistas defendem que o nome do ex-secretário estadual de Agricultura seja colocado na disputa interna da legenda e submetido à convenção municipal, ainda sem data marcada para acontecer.

“Wellington Batista é um quadro importante e representativo do PDT e pode defender nossa candidatura à prefeitura do Recife. Neste momento precisamos de nomes que representem a história, lutas e tradições trabalhistas, especialmente para os embates no primeiro turno”, disse Dennison Fonseca da Juventude Socialista do PDT Pernambuco.

Além da juventude, manifestaram apoio a Wellington Batista os movimentos de Cultura, Mulheres Trabalhistas, Comunitário, Diversidade Recife, Aposentados e Sindical.

Wellington Batista é sociólogo, tem 53 anos e é filiado ao PDT desde a década de 1980.

Atualmente é tesoureiro da executiva estadual e membro do diretório nacional. Foi presidente da comissão executiva municipal do PDT Recife.

Na gestão pública, além de secretário estadual de Agricultura, foi presidente da Emprel, durante o governo João da Costa e secretário executivo de Articulação Social na gestão de Geraldo Júlio.

“Sou um soldado do PDT e estou disposto a encarar tantas batalhas quanto forem necessárias para que o nosso partido cresça e avance. Sinto-me honrado com o apoio e agradeço aos movimentos sociais por esse gesto. Tenho compromisso com o campo progressista e queremos fazer uma discussão democrática e respeitosa dentro da legenda, dialogando com todas e todos que possam colaborar”, afirmou Batista, nesta quarta.


FECHAR