publicidade
08/10/19
Delegado Waldir (Foto: Reprodução)
Delegado Waldir (Foto: Reprodução)

Deputados do PSL reagem a comentário de Bolsonaro sobre Bivar

08 / out
Publicado por Fillipe Vilar em Notícias às 17:57

O racha no PSL, partido de Jair Bolsonaro, ficou mais exposto nesta terça-feira (8). O líder da legenda na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), falou à revista Época que o “quintal” do presidente estava “sujo”. 

Mais cedo, Bolsonaro afirmou a um apoiador recifense para que ele esquecesse o PSL e que o deputado Luciano Bivar, presidente nacional do partido, estava”queimado”

“Como você fala do quintal alheio se o seu quintal está sujo? As candidaturas em Minas Gerais e Pernambuco estão sendo investigadas. Mas o filho do presidente também”, disse Waldir.

“Bolsonaro não está algemado no PSL, não. Aqui não tem ninguém amarrado. Candidatos majoritários, como o presidente, governadores e senadores, têm liberdade para trocar de partido quando quiserem”, continuou. O parlamentar também lembrou que dois filhos de Bolsonaro, Flávio e Eduardo, chefiam diretórios da legenda no país.

Ala do partido rebate o presidente

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o deputado Júnior Bozella (PSL-SP) também rebateu a fala do presidente. “Temos o caso do Queiroz e o do ministro do Turismo, e o presidente tenta encobrir esses dois assuntos ao mesmo tempo em que desfere ataques indevidos ao PSL”, disse.

Segundo o jornal, Bozella representa uma ala do PSL que reagiu às afirmações de Bolsonaro e ressalta a importância da sigla.

“O partido é um partido de bem, conduzido por pessoas de bem. Se Bivar não tivesse abrido as portas, o presidente fatalmente não teria tido legenda para concorrer em 2018. Se hoje ele é o que é, deve isso ao deputado Bivar e ao PSL”, acrescentou Bozella.

De acordo com o jornal, circulou nas redes sociais um texto do PSL exaltando a importância da sigla nas eleições de 2018.

 


FECHAR