publicidade
24/09/19
Foto: Alepe/Divulgação
Foto: Alepe/Divulgação

Para Ministério Público, Lula Cabral continua afastado e de tornozeleira

24 / set
Publicado por Fillipe Vilar em Notícias às 15:51

O Procurador Regional da República (PRR), José Cardoso Lopes, entendeu que Lula Cabral, prefeito afastado do Cabo de Santo Agostinho, deve permanecer fora do cargo e continuar usando tornozeleira eletrônica. A manifestação foi enviada ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) no último dia 12 de setembro.

A manifestação foi resposta a um pedido feito pela defesa de Cabral, em julho, para que ele retornasse ao cargo de prefeito do Cabo

De acordo com o PRR, Lula Cabral deve continuar afastado porque a instrução do processo ainda não foi concluída e também em razão da “grande quantidade de ações de improbidade administrativa que pesam contra o réu, ‘a representar fortes indícios de que estaria se valendo, ao longo de seus mandatos, do cargo de prefeito municipal para praticar diversas irregularidades’ e do necessário reexame de várias diligências deferidas na fase inquisitorial”.

Leia a íntegra da manifestação

 


FECHAR