publicidade
11/09/19
Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República
Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Bolsonaro afirma que chefe da Receita Federal caiu por conta de ‘nova CPMF’

11 / set
Publicado por Fillipe Vilar em Notícias às 17:55

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicou nesta quarta (11) em seu perfil no Twitter uma justificativa para a demissão do secretário da Receita Federal Marcos Cintra. Segundo ele, a demissão foi por conta da proposta de imposto sobre transações financeiras, que foi classificado como uma recriação da antiga CPMF.

Bolsonaro afirmou que “aumento da carga tributária” está fora da proposta de reforma do governo por determinação dele.

Exoneração

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, foi exonerado do cargo, a pedido, informou nesta quarta (11) o Ministério da Economia. Em seu lugar assume, interinamente, o auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto, que é pernambucano. A informação é da Agência Brasil.

Na nota em que anuncia a exoneração do secretário, o ministério esclarece ainda “que não há um projeto de reforma tributária finalizado. A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”.

O ministério disse ainda que a proposta do governo “será divulgada depois do aval do ministro [da Economia] Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro”.

A nota diz ainda que o ministro Paulo Guedes agradeceu ao secretário Marcos Cintra pelos serviços prestados.

 


FECHAR