publicidade
05/09/19
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Joaquim Francisco critica Doria e Bolsonaro por ‘anteciparem’ debate sobre 2022

05 / set
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 7:31

O ex-governador de Pernambuco e ex-prefeito do Recife Joaquim Francisco (PSDB) criticou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e sugeriu que o companheiro de partido “cuide” da sua gestão e “não antecipe” o debate sobre a eleição presidencial de 2022.

Em entrevista, nessa quarta-feira (5), ao programa Além da Notícia, na Rádio Jornal Caruaru, Joaquim Francisco também teceu a mesma crítica ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao dizer que ele que a discussão está fazendo ele errar também. “Que os dois cumpram sua tarefa”, disse o pernambucano, que foi mais crítico à postura do governador paulista.

“O governador João Doria é um político de certa maneira novo porque ele ingressou na política pelas mãos de Geraldo Alckmin. Houve lá uns problemas (entre ele e Alckmin). Eu se pudesse dar uma sugestão a Doria, se pudesse não, porque eu já dei. Daria de novo: Cuide de São Paulo. Não antecipe eleição. 2022 já está fazendo Bolsonaro errar também. Já está começando a discutir 2022. Aí fica Sergio Moro, Bolsonaro. É um desserviço isso. Não é bom”, disse o ex-governador, que votou em Alckmin no primeiro turno e em Bolsonaro no segundo.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Francisco foi além e disse que Doria “já é reincidente” e que assumiu a Prefeitura de São Paulo, em 2016, “já candidato a presidente”.

“Se ele for um grande governador de São Paulo, o que vai ocorrer? O povo de São Paulo vai dar esse depoimento como deu a Geraldo Alckmin. Elegeu Geraldo quatro vezes governador”, disse.

Para o político pernambucano, Bolsonaro e Doria precisam “fazer um pacto” para cuidar do país e sair do “território da vaidade”.


FECHAR