publicidade
13/08/19
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

PSL expulsa Frota após críticas a Bolsonaro e abstenção na reforma

13 / ago
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 14:08

O Executiva Nacional do PSL decidiu expulsar, nesta terça-feira (13), o deputado federal Alexandre Frota (SP). A decisão, por unanimidade, veio depois de duras críticas do parlamentar ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e a colegas de bancada na Câmara dos Deputados. A direção da sigla alegou que o deputado demonstrou “infidelidade” com essa postura.

Frota também se absteve na votação, em segundo turno, do texto-base da reforma da Previdência dando um recado ao governo da sua insatisfação. O deputado havia sido o coordenador da bancada do PSL durante a tramitação da reforma e um dos principais articuladores da proposta com interlocução direta com o ministro da Economia, Paulo Guedes. No primeiro turno da votação, o ex-ator pornô votou a favor.

DEM e PSDB já vinham cortejando o agora ex-pesselista e figuram como possíveis destinos do parlamentar já que com sua expulsão, ele pode se filiar a qualquer sigla sem perder seu mandato. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o fruto da insatisfação de Frota é o veto do Palácio do Planalto a indicações dele para cargos na Agência Nacional de Cinema (Ancine), vinculado ao Ministério da Cidadania. O chefe da pasta, Osmar Terra (MDB), chegou a dizer que o deputado queria “nomear todo mundo no ministério”. A perda de poder do diretório municipal de Cotia, região metropolitana de São Paulo também estaria entre os fatores do tensionamento da relação com a legenda.

 


FECHAR