publicidade
04/08/19
Foto; Marcos Corrêa/Presidência da República
Foto; Marcos Corrêa/Presidência da República

Vem Pra Rua cobra Bolsonaro sobre Coaf: ‘Tem algo podre no ar’

04 / ago
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 11:19

Após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deixar em aberto a possibilidade de mudança no comando do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o movimento Vem Pra Rua cobrou respostas sobre uma eventual demissão do presidente do órgão, Roberto Leonel. “Esta mudança faz parte de algum acordo? Que acordo é esse que coloca o combate à corrupção de lado em nome de outros interesses?”, questionou o movimento em publicação no seu perfil no Twitter.

Leonel foi nomeado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quando o Coaf estava dentro da pasta da Justiça, e é considerado um braço direito do ex-juiz da Lava Jato. Segundo o jornal Folha de São Paulo, ele provocou a insatisfação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e de aliados por suas manifestações contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender investigações com dados compartilhados pelo Coaf, Banco Central e Receita Federal sem autorização prévia da Justiça. A decisão de Toffoli atendeu a um pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). E foi defendida por Bolsonaro.

O Vem Pra Rua disse que “retirar a equipe de Sergio Moro de dentro do COAF é enfraquecer o combate à corrupção”. “A quem interessa enfraquecer o COAF?”, indagou. O grupo cívico citou ainda a decisão de Toffoli e a do ministro do STF Alexandre de Morares, que suspendeu investigações da Receita Federal sobre colegas da Corte.

Também no Twitter, a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) disse se “assustar” com a notícia sobre uma eventual demissão do presidente do Coaf “por criticar uma decisão equivocada”.


FECHAR