publicidade
22/07/19
Rui Costa (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Rui Costa (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Em reação a Bolsonaro, Rui Costa desiste de ir a inauguração de aeroporto

22 / jul
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 18:03

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou nesta segunda-feira (22) que não vai à inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, marcada para a terça (23). A decisão do petista é em reação a Jair Bolsonaro (PSL), que confirmou presença no evento, após a declaração do presidente de que, dos “governadores de paraíba, o pior é o do Maranhão”

Em vídeo, Rui Costa agradeceu aos senadores baianos Jaques Wagner (PT), seu antecessor no governo estadual, e Otto Alencar (PSD), ex-secretário. Além disso, citou os ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e até Michel Temer (MDB), que, após o impeachment, passou a ser criticado pelos petistas. 

A única ressalva foi a Bolsonaro. “Exercitando a boa educação que aprendi, convidei o governo federal a se fazer presente no ato de inauguração, essa grande festa. Infelizmente, confundiram a boa educação com covardia e desde então temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia”, afirmou Rui Costa no vídeo. 

LEIA TAMBÉM
» Bolsonaro diz que não há constrangimento em visitar a Bahia
» Bolsonaro diz que fez ‘nenhuma crítica ao povo nordestino’ e ataca general

“A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer restrita a poucas pessoas escolhidas a dedo, como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso, por isso, não vou comparecer”, disse ainda na gravação. 

Governadores

Na última sexta-feira (19), os governadores do Nordeste reagiram à fala de Bolsonaro criticando o gestor do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). A declaração de Bolsonaro foi em conversa informal com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto. “Não tem que ter nada com esse cara”, disse ainda o presidente ao ministro. O áudio foi captado de um dos microfones.


FECHAR