publicidade
21/07/19
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Após falas polêmicas de Bolsonaro, Marco Feliciano ataca porta-voz

21 / jul
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 14:31

Aliado de primeira hora do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP), vice-líder do governo no Congresso, disparou contra o porta-voz da Presidência da República, general Otávio do Rêgo Barros.

No Twitter, o parlamentar chamou de “incompetente” o militar e o acusou de “usurpar” funções no relacionamento com a imprensa. O mais novo “fogo amigo” veio na esteira da repercussão de falas polêmicas de Bolsonaro em um café da manhã com correspondentes da imprensa estrangeira nessa sexta-feira (19), no Palácio do Planalto.

Nele, o presidente disse que “passar fome no Brasil é uma grande mentira” e, em conversa captada pela equipe da  TV Brasil, que dos “governadores de paraíba, o pior é do Maranhão”.

O café da manhã semanal com jornalistas virou uma tradição desde que o general Otávio do Rêgo Barros assumiu o cargo de porta-voz. Em publicação no Twitter, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC) criticou a ação de receber a imprensa no Planalto. Sem citar o general, o filho do presidente disse que sabe “exatamente o que acontece e por quem”.

Já Marco Feliciano não apenas disparou contra a iniciativa de promover o café da manhã com os jornalistas, mas atacou diretamente o porta-voz e insinuou que ele é “mal-intencionado”. Segundo o deputado, Jair Bolsonaro estaria sendo muito “exposto” à imprensa pelo general.

“Porta-voz serve para proteger, não para expor. Nunca na história deste país um presidente foi tão exposto à imprensa como PR @jairbolsonaro. Alguém se lembra de presidente toda sexta-feira receber jornalistas para café da manhã?”, publicou.

O próprio Bolsonaro foi ao Twitter para dizer que os jornalistas usam da sua “boa vontade” para “distorcer” suas palavras, em referência ao encontro semanal com os profissionais.


FECHAR