publicidade
19/07/19

Felipe Carreras critica ministro da Saúde de Bolsonaro por liberação de agrotóxicos em alimentos

19 / jul
Publicado por jamildo em Notícias às 10:38

O deputado federal Felipe Carreras (PSB/PE) fez um requerimento de informações ao Ministério da Saúde para saber informações sobre o Programa de Análise de Resíduos de Agrotoxicos em Alimentos – PARA, que não é realizado há quatro anos no Brasil.

O Programa foi criado para avaliar os níveis de agrotóxicos que chegam à mesa do consumidor.

O requerimento foi enviado ao Ministro Luiz Henrique Mandetta no dia 7 de junho e ele, segundo o artigo 50 da Constituição Federal, teria 30 dias para responder, o que não aconteceu até o momento.

Diante disso, o ministro pode ser denunciado a qualquer momento por crime de responsabilidade, com pena de perda do cargo e mais cinco anos de impedimento de ocupar cargos públicos.

“O Governo Federal tem tratado a liberação de novos agrotóxicos de forma muito clara em benefício dos ruralistas. Desde o início do ano, mais de 210 novos compostos foram liberados para serem utilizados nas lavouras de todo o Brasil. Com essa liberação indiscriminada e devido às ausências de explicações sobre os motivos para a liberação do veneno.”, avalia o deputado do PSB.

“Conversamos com o governo e dissemos para eles que o nosso maior objetivo é saber as respostas sobre o que perguntamos. Não queremos tirar ninguém do cargo, mas também não podemos permitir que, além de liberar de forma indiscriminada os agrotóxicos no Brasil, os dados solicitados também sejam ocultados. Espero que possamos receber as informações corretas nos próximos dias”, afirmou o deputado Felipe Carreras.

Com os números do PARA na mão, o deputado espera que o governo comece a repensar a política dos agrotóxicos no Brasil, que já é o maior consumidor do produto no mundo.

“O agrotóxico está sendo utilizado de forma indiscriminada. Para confirmar, basta pegar os números já disponíveis na internet, de gente que adoeceu ou mesmo morreu pela utilização desses venenos. O que não dá para entender é como não temos sequer uma pesquisa para saber a incidência dos agrotóxicos na comida do brasileiro e estamos liberando cada vez mais”, afirmou.

No dia 7 de agosto, o deputado federal Felipe Carreras vai presidir a Audiência Pública sobre a liberação indiscriminada de agrotóxicos, com a presença do Ministro Luiz Mandetta e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, em Brasília.


FECHAR