publicidade
20/06/19
Foto: Jailton Junior/TV Jornal
Foto: Jailton Junior/TV Jornal

Nadegi Queiroz diz que fará auditoria na Prefeitura de Camaragibe

20 / jun
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 12:39

Atualizado no dia 21 de junho com a nota da defesa do prefeito 

Após tomar posse como prefeita em exercício de Camaragibe no início da tarde desta quinta-feira (20), Nadegi Queiroz (DC) anunciou que fará uma auditoria em todos contratos da gestão de Demóstenes Meira (PTB), que foi preso preventivamente e afastado do cargo de prefeito na deflagração da segunda fase da Operação Harpalo.

Eleita vice-prefeita na chapa do petebista nas eleições de 2016, Nadegi afirmou, em entrevista coletiva, que solicitará o apoio do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) e da Polícia Civil para revisar os contratos da administração desde do primeiro ano de mandato do petebista. Os dois romperam a aliança política após apenas 24 dias de governo com a saída da hoje prefeita do comando da Secretaria de Saúde. “Eu tinha um gabinete (de vice-prefeita) que era uma ilha, eu não recebia nenhum tipo de informação”, disse.

LEIA TAMBÉM
» Polícia Civil prende o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira
» Delegada diz que prefeito de Camaragibe é líder de organização criminosa
» Rompida com prefeito de Camaragibe, Nadegi Queiroz assume prefeitura

Foto: Jailton Junior/TV Jornal

Nadegi Queiroz vai ficar no cargo por pelo menos 180 dias, conforme determinação do desembargador Mauro Alencar Barros, do Tribunal de Justiça do Estado (TJPE), que também autorizou a prisão de Meira. Nesse período, a gestora disse vai reavaliar a decretação de estado de emergência por conta das fortes chuvas que atingiram o município e que causaram a morte de sete pessoas em um deslizamento de barreira no bairro dos Estados.

Procurada, a defesa de Demóstenes Meira afirmou, em nota assinada pelos advogados Ademar Rigueira e André Caúla, “que a decisão de afastamento do cargo e a prisão preventiva do prefeito de Camaragibe não cumpriram os requisitos legais, posto que nenhum motivo novo foi apresentado pela Polícia Civil ao Tribunal, senão aqueles que já haviam sido indeferidos pelo desembargador relator em março deste ano”.

Os defensores anunciaram também que entrarão com um Habeas Corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para libertar o prefeito afastado.

» Prefeito de Camaragibe, Meira presta depoimento no Draco
» Prefeitura de Camaragibe é alvo de buscas em operação contra corrupção
» Tudo envolve o prefeito de Camaragibe, diz delegado sobre operação

Ela assinou o termo de posse por volta das 12h, no plenário da Câmara de Vereadores em sessão comandada pelo presidente da Casa, Antônio Oliveira (PTB), conhecido como Toninho. E seguiu com uma comitiva de parlamentares liderada por ele para a sede da prefeitura.

Veja o relatório de auditoria do TCE-PE que embasou o pedido de prisão do prefeito Meira


FECHAR