publicidade
14/06/19
Foto: Roberto Soares/Alepe
Foto: Roberto Soares/Alepe

Previdência: Câmara tenta terceirizar responsabilidade, diz Isaltino

14 / jun
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 17:29

O líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Isaltino Nascimento (PSB), criticou a retirada de estados e municípios do relatório da reforma da Previdência. O aliado do governador Paulo Câmara (PSB) participou nesta sexta-feira (14) do protesto contra a proposta realizado por sindicalistas no Recife. “A Câmara Federal está tentando terceirizar a responsabilidade para municípios e estados”, afirmou o socialista.

“Vamos ter, além de 27 estados, mais de dois mil municípios modelos diferentes da reforma, quando deveria ser tratada pela Câmara”.

Também em entrevista ao Jornal do Commercio durante o protesto no Recife, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), descartou a possibilidade de a reforma da Previdência receber apoio da oposição para que estados e municípios sejam reinseridos na proposta. Governadores, principalmente os do Nordeste, têm sido cobrados.

PSB

Isaltino Nascimento afirmou que o PSB deverá reunir o diretório nacional nos próximos dias para decidir se mantém a posição contrária à reforma da Previdência, após a apresentação do relatório. “Na minha opinião, não deve ter mudança”, disse.

O substitutivo apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) retira quatro pontos criticados pela bancada socialista, que faz oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). Esses trechos são:

“Mesmo com o que saiu da proposta da reforma, ainda é muito ruim, por exemplo, acaba com a possibilidade de ter aposentadoria integral em que você poderia ter 80% da sua média salarial para se aposentar”, exemplificou o deputado estadual. 

No protesto realizado por estudantes contra bloqueios de recursos de universidades públicas, Isaltino Nascimento puxou uma vaia a Bolsonaro.


FECHAR