publicidade
11/06/19
Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem

Previdência: Maia sinaliza acordo com governadores, diz Luciana Santos

11 / jun
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 12:53

Presente nesta terça-feira (11) na reunião do Fórum de Governadores, em Brasília, a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PCdoB), afirmou que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou no encontro a construção de um acordo com os gestores estaduais sobre pontos polêmicos do texto da reforma da Previdência. Representando o Estado na reunião já que o governador Paulo Câmara (PSB) ficou na capital para apresentação de um programa de Educação, a vice-governadora relatou que Rodrigo Maia disse que o governo Jair Bolsonaro (PSL) “não tem se esforçado” para obter os votos pela aprovação da reforma.

Segundo a comunista, Maia indicou a retirada dos trechos da desconstitucionalização da legislação do sistema previdenciário e do modelo de capitalização da proposta, além das mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural que já tinham o apoio de vários líderes partidários. 

LEIA TAMBÉM
» Estudo do Senado aponta reforma como solução para previdências estaduais
» Relator nega que haja acordo para retirar estados e municípios da reforma
» Daniel Coelho apresenta emenda para que Estados assumam reforma da Previdência
» Proposta de reforma da Previdência recebe 277 sugestões de emendas
» Regras de transição são o principal foco das emendas à reforma

“O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o governo ainda não tinha garantido votos para a votação da reforma da Previdência. E que ele, por conta própria e da Câmara, tem a disposição de construir com os governadores algum acordo, algum pacto. Inclusive, chegando a dizer que além dos pontos que os governadores do Nordeste já levantaram do BPC, aposentadoria rural, a desconstitucionalização, ele ainda toparia tirar a capitalização (do texto da reforma). Isso que é novidade na conversa”, disse a vice-governadora ao Blog de Jamildo.

Questionada se, em contrapartida, Rodrigo Maia teria pedido o apoio dos governadores no alinhamento de posição com suas respectivas bancadas estaduais na Câmara, Luciana Santos disse que “isso está posto desde o primeiro momento” na discussão. E adiantou que com a sinalização de Maia sobre a retirada de pontos alvos de críticas dos governadores do Nordeste, pode partir para um “entendimento” sobre o projeto.

“Quando o presidente da Câmara admite tirar esses itens, aí já parte para algum tipo de desdobramento. Na medida que os governadores (do Nordeste) disseram lá atrás que não aceitavam é porque não iriam colocar suas bancadas. E se eles admitem retirar, é porque já éum passo adiante na perspectiva de um entendimento. Mas isso é o presidente da Câmara se comprometendo. Governo mesmo não sinalizou nada concreto”, ressaltou.

O relator da reforma da Previdência na Comissão Especial, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), também estava presente no encontro com os gestores estaduais, mas não foi tão “assertivo” sobre as mudanças no texto como Maia, disse a vice-governadora. “O relator disse que tinha que conversar com o governo e com as bancadas. Rodrigo Maia é que foi mais assertivo nessa questão”, afirmou Luciana Santos. 

Segundo a vice-governadora, o relatório do deputado, previsto para ser apresentado nesta quinta-feira (13) deve ser “adiado novamente”.


FECHAR