publicidade
03/06/19
Antônio Campos e o ex-governador Eduardo Campos (Foto: Reprodução/ Facebook)
Antônio Campos e o ex-governador Eduardo Campos (Foto: Reprodução/ Facebook)

Irmão de Eduardo Campos toma posse como presidente da Fundaj nesta terça

03 / jun
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 12:13

O advogado e escritor Antônio Ricardo Accioly Campos (Podemos), irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, vai tomar posse, nesta terça-feira (4), no cargo de presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), órgão ligado ao Ministério da Educação. A cerimônia será realizada às 12h15, no prédio do MEC, em Brasília. Tonca, como é conhecido, já anunciou que estuda ajustes no número de cargos comissionados da Fundaj.

“O meu primeiro ato na Fundaj será ouvir os servidores, que serão valorizados. Estamos estudando ajustes em cargos comissionados, seguindo o momento de ajustes da economia brasileira. O clima será de diálogo”, afirmou o novo presidente da fundação.

LEIA TAMBÉM
» Graças a FBC, irmão de Eduardo Campos é nomeado presidente da Fundaj
» Antônio Campos rebate Evaldo Costa e diz que Arraes nunca deixou de dialogar com os contrários
» Antônio Campos compara ataque a Bolsonaro a acidente de Eduardo
» Em Olinda, Antônio Campos e Marília Arraes fazem campanha juntos

 

Aos 50 anos, Antônio Campos ocupará um cargo público após tentativas frustadas em se eleger prefeito de Olinda, em 2016, e deputado estadual, em 2018. A ida dele para a Fundaj, articulada pelo líder do governo Jair Bolsonaro (PSL) no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), não é uma novidade em termos de sobrenome. O pai, o escritor Maximiano Campos, trabalhou durante anos na fundação e é considerado como um dos responsáveis pelo grande acervo que a instituição tem atualmente.

Maximiano Campos foi colaborador de Gilberto Freyre no Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais e, posteriormente, assumiu a superintendência do Instituto de Documentação, onde a ajudou a preservar a memória da instituição, que completou 70 anos no ano passado. Há, inclusive, uma placa em homenagem ao escritor no Edifício Paulo Guerra, no campus Gilberto Freyre, no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife. A placa está localizada ao lado da do seu irmão, o ensaísta, jornalista e escritor Renato Campos.


FECHAR