publicidade
31/05/19
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em Olinda, ônibus deverão ter ar-condicionado em quatro anos

31 / maio
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 8:02

Nesta sexta-feira (31), o Diário Oficial traz a publicação do decreto do prefeito de Olinda, Lupércio Nascimento (Solidariedade), que torna obrigatório a instalação de ar-condicionado nos ônibus que circulam na cidade. O decreto segue as mesmas normas e prazos do projeto de lei aprovado na Câmara do Recife e sancionado pelo prefeito Geraldo Julio (PSB).

Assim como na capital pernambucana, o decreto de Lupércio determina que a cada ano a partir de outubro de 2019, 25% dos veículos da frota atual que circula em Olinda não climatizados sejam substituídos por ônibus com ar-condicionado. Em quatro anos, toda a frota deverá ser climatizada da mesma forma que ocorrerá no Recife.

LEIA TAMBÉM
» Presidente da Câmara de Olinda critica decreto do ar-condicionado nos ônibus
» Em Olinda, Lupércio dá rasteira em vereadores e assina decreto por ar-condicionado nos ônibus
» Geraldo Julio sanciona lei que obriga ar-condicionado em ônibus
» Saiba quais são as linhas de ônibus que terão ar-condicionado no Recife
» Ar-condicionado nos ônibus é aprovado e vai a sanção de Geraldo Julio
» Oposição propõe que ar-condicionado nos ônibus seja discutido na Alepe

A publicação no Diário Oficial acontece em meio ao embate do prefeito com o presidente da Câmara dos Vereadores, Jorge Federal (PL), – que acusa Lupércio de “tentar usurpar” uma função do Legislativo. Integrante da oposição à gestão do prefeito, o vereador é autor de um projeto, apresentado em maio deste ano, que também obriga a climatização das linhas de ônibus que rodam no município. Segundo o parlamentar, a iniciativa do gestor mostra o seu “grau elevado de preocupação” com a sua atuação na Câmara. Ele também aproveita para disparar contra a gestão de Lupércio.


FECHAR