publicidade
26/05/19

Paulo Câmara participa de homenagem a Padre Henrique, nesta segunda

26 / maio
Publicado por jamildo em Notícias às 17:31

O governador Paulo Câmara participa, nesta segunda-feira, (27/05), às 10h, de homenagem ao padre Antônio Henrique Pereira Neto, sequestrado, torturado e assassinado há 50 anos, no Recife.

O evento está marcado para acontecer na Catedral da Sé, em Olinda, onde os restos mortais do padre estão sepultados.

Antônio Henrique Pereira Neto era o braço direito de dom Helder Câmara, no período inicial da Ditadura Militar em Pernambuco. Seu assassinato foi uma represália direta ao arcebispo que era um dos maiores líderes brasileiros da resistência ao Golpe Militar.

“No cemitério, havia proibição terminante de discursos. Lembrei a meu povo que não podia haver nada de mais expressivo e de mais eloquente do que aquela caminhada de quilômetros, cantando e rezando, sem parar”.

Com essas palavras Dom Helder Camara descreveu o significado do silêncio naquele momento, durante o cortejo e o enterro de Pe. Henrique.

“Era 1969. A.I. 5 a pleno vigor. Gritar e denunciar poderia ser o gatilho para mais mortes. Hoje gritar é preciso, para que não sejam as pedras frias dos cemitérios que voltem a clamar por justiça”, diz a igreja católica local, no evento organizado peloe Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, a Comissão de Justiça e Paz, o Instituto Humanitas e o Fórum Articulação de Leigos e Leigas.

Escola municipal

Para lembrar o 50° aniversário do desaparecimento do Padre Antônio Henrique, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Educação, realiza nesta segunda-feira (27), às 14h na Escola Municipal Padre Antônio Henrique, no Derby, ato em homenagem ao religioso, um dos principais auxiliares do bispo Dom Hélder Câmara.

Ao todo, 150 estudantes estão envolvidos no tributo, além de convidados como o prefeito do Recife, Geraldo Julio, o secretário municipal de Educação, Bernardo D’Almeida, o Arcebispo de Recife e Olinda – Dom Fernando Saborido, o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado de Pernambuco Pedro Eurico e o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem no Estado – Marcelo Santa Cruz, entre outros.

Para homenagear o padre, diversas atividades foram preparadas na escola.

Alunos do 6º ano vão ler um texto biográfico sobre a vida do religioso, para depois estudantes surdos apresentarem a peça teatral “Vida e Morte do Padre Henrique”. Em seguida o 7º ano apresenta o jogral “Padre Henrique em Versos”, e os estudantes do 9º ano encerram o evento com uma apresentação musical.


FECHAR