publicidade
26/05/19
marilia arraes teresa leitao
marilia arraes teresa leitao

Marília Arraes aproveitará debate na Alepe para criticar reforma da Previudência

26 / maio
Publicado por jamildo em Notícias às 19:20

A reforma da Previdência do governo Bolsonaro e como esse projeto afetará a vida das mulheres brasileiras será tema de uma audiência pública nesta segunda-feira (27), a partir das 9h, no Auditório Sérgio Guerra, na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

O evento será realizado no âmbito da Comissão Especial sobre a Reforma da Previdência da Alepe em conjunto com a Subcomissão Especial de Seguridade da Mulher da Câmara dos Deputados.

A convocação é feita pelo PT, pelas mãos da deputada estadual Teresa Leitão (PT) e pela deputada federal Marília Arraes (PT), membros das respectivas comissões no parlamento estadual e federal.

Caso a proposta seja aprovada, as mulheres vão se aposentar aos 62 anos e com 20 anos de contribuição.

“As mulheres também serão prejudicadas em relação ao tempo de contribuição para o recebimento da aposentadoria integral. Com o projeto de Bolsonaro, o aumento irá de 30 para 40 anos de contribuição. O que essa reforma defende é o fim da aposentadoria dos brasileiros e, principalmente, acabar com a vida de todas as mulheres brasileiras”, afirmou a vice-líder do PT na Câmara, Marília Arraes.

Teresa Leitão diz que as mudanças radicais serão prejudiciais para categorias com maioria de trabalhadoras mulheres, como professoras, agricultoras e domésticas.

“Nós professoras somos 82% da categoria e temos aposentadoria especial, que não é privilégio, mas é uma condições relacionada às características do trabalho. Não é à tona que educadores, junto com agentes penitenciários e agentes de saúde, têm maior índice de doenças psicológicas relacionadas ao trabalho”, disse Teresa.

A audiência é aberta ao público e contará com a presença deputados membros da comissão e representantes de entidades que trabalham com a temática.


FECHAR