publicidade
24/05/19
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Bolsonaro diz que, sem reforma, Paulo Guedes teria que ‘ir para a praia’

24 / maio
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 19:54

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar que não daria para “permanecer no cargo” sem a reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, pelo Twitter, que o “casamento segue mais forte que nunca”. Antes, porém, em entrevistas coletivas em Pernambuco, havia previsto um “caos econômico” caso não sejam aprovadas mudanças na aposentadoria. Já à noite, em comunicado, Guedes negou que tenha a intenção de deixar o governo.

“É um direito dele, ele tem até razão. Se for uma reforminha ou não tiver, a gente não precisa mais de ministro da Economia, porque o Brasil pode entrar num caos econômico. Ele vai ter que ir à praia, vai fazer o que em Brasília, se o Brasil já está em uma dívida monstruosa?”, questionou.

LEIA TAMBÉM
» ‘Ele está no direito dele’, diz Bolsonaro sobre Guedes falar em renúncia
» Guedes diz que pode renunciar em caso de não aprovação da reforma
» Governadores do Nordeste cobram de Bolsonaro pautas além da Previdência
» Após reunião com Bolsonaro, superintendente da Sudene é entrevistado no Resenha Política
» FBC ajuda Bolsonaro a driblar pergunta sobre bloqueio de bens

Mais cedo, no Recife, Bolsonaro disse que Paulo Guedes estaria “no direito dele”. “Ninguém é obrigado a continuar como um ministro meu. Logicamente, ele está vendo uma catástrofe, e é verdade, concordo com ele. Se nós não aprovarmos uma reforma, realmente, muito próxima da que nós enviamos para o parlamento”, afirmou em coletiva de imprensa.

Sudene

Antes de seguir para Petrolina, reduto eleitoral do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), Bolsonaro passou pelo Recife, onde participou de reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). 

» Bolsonaro cobra dos governadores do Nordeste apoio à reforma da Previdência
» Paulo Câmara: ‘Nordeste precisa de obras, emprego, água e infraestrutura urbana e rural’
» Gustavo Canuto diz que Bolsonaro ‘pensa além do mandato’, com projeto para o Nordeste
» Geraldo Julio pede ‘urgência’ na revisão do pacto federativo a Bolsonaro
» Governo Bolsonaro ‘não tem acertado muito até agora’, diz Renan Filho
» Não adianta um ‘plano bonito’ sem financiamento, diz governadora do RN

Foi aprovada a criação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) e da destinação de 30% dos investimentos para a área de infraestrutura. Além disso, foi anunciado o aporte de R$ 4 bilhões para o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Em Petrolina, Bolsonaro participou da entrega de 472 unidades habitacionais construídas no programa Minha Casa, Minha Vida.

Assista à entrevista do superintendente da Sudene no Resenha Política


FECHAR