publicidade
13/05/19
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Oposição se incomoda por não estar acostumada a fazer política na rua, diz João Campos

13 / maio
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 17:56

Alvo da oposição, o deputado federal João Campos (PSB), cotado para disputar a Prefeitura do Recife em 2020, se defendeu nesta segunda-feira (13) da acusação de que tem usado a máquina pública para fazer pré-campanha. “Eu faço política na rua”, disse. “Se tem gente que prefere fazer dentro do ar (condicionado), no gabinete, ou só sabe falar em cima da tribuna, eu vou continuar lá (na rua), porque quem me fez o deputado mais votado da história de Pernambuco foi o povo”.

“Não posso ficar limitado a participar de reunião fechada. Mas isso incomoda muita gente da oposição porque eles não estão acostumados a fazer política dessa maneira”, afirmou ainda.

2020

Filho do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) e eleito pela primeira vez no ano passado, João Campos não confirmou nem negou que deve ser candidato e disse que o PSB só deve discutir a eleição no ano que vem. “Vou pensar primeiro o que é melhor para o povo e depois para o nosso conjunto”, disse.

LEIA TAMBÉM
» Daniel Coelho quer candidato único de oposição no Recife em 2020
» João Paulo prevê PT, PSB e PCdoB juntos nas eleições de 2020
» Pré-candidato no Recife, Marco Aurélio quer mais de um nome de oposição em 2020
» PT vai tentar acordo com PSB em 2020, mas não há compromisso, diz Humberto
» Aliado de Paulo Câmara defende João Campos para a Prefeitura do Recife em 2020
» Mirando em 2020, oposição no Recife antecipa embate com João Campos

Oposição

Nomes da oposição têm acusado o PSB de usar a gestão para favorecer João Campos, que costuma ir a agendas com parlamentares da base do prefeito Geraldo Julio. Ex-líder do governo quando era vereador, o agora deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) anunciou na semana passada que migrou para a oposição ao governador Paulo Câmara (PSB) na Assembleia Legislativa e alegou um suposto uso da máquina em prol do deputado.

O líder da bancada, Renato Antunes (PSC), ironizou João Campos afirmando que ele seria dono da “canetada dourada”. “A gente pede, solicita, cobra, fico me perguntando qual o próximo passo. Será que terei que convidar o deputado federal da canetada dourada?”, ironizou. “Tem um deputado federal que anda pelas comunidades e consegue aprovar tudo. Basta ele colocar na rede social e a aprovação vem”.

Mais votados no Recife

Depois de João Campos, os mais votados na capital também são cotados para a disputa municipal em 2020: Felipe Carreras (PSB) foi o segundo, com 67.244 votos, seguido de Marília Arraes (PT), prima de João, com 54.193; André Ferreira (PSC), com 46.409, aliado de Renato Antunes; e Daniel Coelho (Cidadania), com 39.972. Além deles, Túlio Gadelha (PDT) e Marco Aurélio (PRTB).


FECHAR