publicidade
09/05/19
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Comissão Mista tira Coaf de Moro e manda órgão de volta para Economia

09 / maio
Publicado por Douglas Fernandes em Notícias às 11:17

A Comissão Mista que analisa a Medida Provisória (MP) da reforma administrativa do governo Jair Bolsonaro (PSL) aprovou, na manhã desta quinta-feira (9), a transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para o Ministério da Economia. Foram 14 votos pelo retorno do órgão à pasta do ministro Paulo Guedes contra 11 pela permanência do Coaf sob à alçada do ministro Sérgio Moro.

LEIA TAMBÉM
» Centrão e oposição assinam requerimento para tirar Coaf de Moro
» Bolsonaro cede e FBC inclui recriação de dois ministérios em relatório
» Relator deve sugerir que Coaf permaneça no Ministério da Justiça
» Moro volta a defender que Coaf fique com Ministério da Justiça
» Bolsonaro indica que Coaf fica com Moro
» Bolsonaro contraria Moro e negocia tirar Coaf do Ministério da Justiça

O ex-juiz da Lava Jato havia tentado convencer parlamentares em reuniões nesta semana a manter o órgão de investigação de movimentações financeiras no Ministério da Justiça. Alguns líderes do Centrão e a oposição, contudo, vinha articulando o retorno do Coaf para o Ministério da Economia. O próprio relator da MP, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do governo no Senado, era a favor da transferência do órgão para a pasta de Paulo Guedes.

Após uma reunião com Moro e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), FBC mudou de ideia e disse ser favorável à permanência do Coaf no Ministério da Justiça e Segurança Pública, onde está desde da posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL).


FECHAR