publicidade
20/03/19
Foto: AFP
Foto: AFP

Bolsonaro vai à Câmara entregar Previdência dos militares pessoalmente

20 / mar
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 16:41

Estadão Conteúdo – O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi à Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (20), para entregar pessoalmente a proposta de reforma da Previdência dos militares. Bolsonaro chegou à Casa por volta das 16h10 e o texto será apresentado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O presidente chegou ao Congresso acompanhado pelos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

O projeto de mudança na aposentadoria dos militares foi cobrado pelas lideranças na Casa, para dar andamento à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que muda a regra geral e a aposentadoria dos servidores. Ela foi entregue há exatamente um mês e ainda não avançou.

Economia

A proposta de reforma no sistema de Previdência dos militares prevê uma economia líquida de R$ 10,45 bilhões em dez anos, segundo dados divulgados pelo governo federal nesta quarta-feira. Em 20 anos, o impacto estimado é de R$ 33,65 bilhões.

A economia prevista com a mudança nas regras do sistema de proteção social é de R$ 97,3 bilhões. Já a economia para os Estados foi calculada em R$ 52 bilhões.

O governo também estimou em R$ 10,3 bilhões a economia com a transferência da compensação dos militares temporários do Orçamento do Ministério da Defesa para o INSS, ajudando a reduzir o déficit.

Mourão

Faltando poucos minutos para a entrega do projeto de lei, o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, disse à Globonews que a proposta do governo inclui “sacrifícios” da parte das categoria, mas apontou que haverá compensações pelo fato dos militares passarem mais tempo na ativa.

“O militares entendem muito bem o que é sacrifício. Não queremos um tratamento distinto. Agora, a proposta traz mudanças nos tempos de interstício entre os diferentes postos, com compensações, já que será necessário ficar mais tempo na ativa”, explicou Mourão, em entrevista ao canal de TV.


FECHAR