publicidade
04/02/19
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Fernando Bezerra quer investigação de 82º voto para presidência do Senado

04 / fev
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 11:01

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirmou nesta segunda-feira (4), em entrevista à Rádio Jornal, que vai se reunir com o novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para formalizar um pedido de esclarecimento sobre o fato de terem sido encontradas 82 cédulas na urna, no último sábado (2). A votação foi anulada e refeita entre os 81 senadores. “É importante que as imagens sejam recuperadas e o Senado está trabalhando para isso”, disse o pernambucano.

A decisão de fazer uma nova eleição foi tomada pelo presidente interino da Mesa Diretora do Senado, José Maranhão (MDB-PB), após debate. Segundo Fernando Bezerra Coelho, o paraibano também vai participar da reunião com Alcolumbre.

“Ontem (esse domingo, 3) já falava com Davi para que se faça a recuperação da imagem na hora do depósito na urna. Quando se abriu a urna, se encontraram 80 envelopes e cédula agarrada”, afirmou o senador.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Fernando Bezerra Coelho atribuiu a responsabilidade sobre a confusão na eleição do Senado à Mesa anterior, presidida por Eunício Oliveira (MDB-CE). “O presidente que deixou o Senado, Eunício, não definiu o roteiro das sessões preparatórias”, enfatizou. “Errou a Mesa que saiu, que não deixou o roteiro, e Davi Alcolumbre que assumiu sem combinar com as lideranças. Não se pode olvidar que as sessões preparatórias são importantes no processo de escolha. Foi fruto desse ambiente de tensão provocado pelos dois lados”.

O próprio Alcolumbre assumiu o exercício da Presidência e revogou as regras que haviam sido publicadas na última sexta-feira (1º). O demista foi eleito no sábado (2), após Renan Calheiros (MDB-AL) renunciar à sua candidatura.


FECHAR