publicidade
28/12/18
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem

‘As eleições já passaram’, diz Paulo Câmara sobre Bolsonaro

28 / dez
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 14:03

Com o PSB organizando uma bancada de oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, vice-presidente nacional do PSB, tentou desmontar os palanques em entrevista nesta sexta-feira (28). “Vamos cobrar o que tiver que cobrar, mas é tempo de colaboração. As eleições já passaram”, afirmou.

“Estamos esperando o andamento do governo federal. Vamos buscar e vamos estar à disposição, Pernambuco e o Nordeste, de ajudar o governo. Isso é fundamental para os estados e os municípios”, disse ainda, ao ser questionado sobre a relação com o governo Bolsonaro.

Após cinco anos de rompimento entre o PT e o PSB, Paulo Câmara foi reeleito este ano com o apoio do partido de Lula, que deve ganhar um espaço no governo. É prevista a Secretaria de Desenvolvimento Agrário para o petista Dilson Peixoto, ligado ao senador Humberto Costa (PT-PE), reeleito na chapa socialista.

Paulo Câmara teve uma campanha marcada por acusações ao presidente Michel Temer (MDB) de perseguir o Estado, reduzindo os repasses de recursos. O socialista também cobrou a liberação de operações de crédito.

Bloco de oposição

Sem o PT, o PSB, o PDT e o PCdoB anunciaram no último dia 20 a criação de um bloco de oposição na Câmara dos Deputados. Os três partidos começaram a se articular após a de Bolsonaro. O PSB elegeu 32 parlamentares, o PDT terá 28 e o PCdoB, que não conseguiu ultrapassar a cláusula de barreira, nove.

Sozinho, o PT elegeu 56 deputados. O PSL, 52.


FECHAR