publicidade
06/12/18

Moreno cobra providências da Compesa para normalizar abastecimento

06 / dez
Publicado por jamildo em Notícias às 16:00

O prefeito do Moreno, Vavá Rufino, com lideranças comunitárias e vereadores do município, foi até a direção da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), nesta semana que passou, na sede do órgão, no bairro de Santo Amaro, no Recife.

A comitiva foi recebida pelos diretores Rômulo Aurélio (Engenharia), Décio Padilha (Gestão Corporativa), Simone Albuquerque (Regional Metropolitana) e Eures Oliveira, gerente de Produção da Região Metropolitana do Recife (RMR).

O primeiro ponto de pauta foi a paralisação das obras da Barragem do Engenho Pereira.

A Prefeitura do Moreno diz que vem mobilizando a sociedade para retomada das obras, que já consumiram mais de R$ 50 milhões.

“A Compesa alegou dificuldades na captação de recursos para conclusão da obra, que além de abastecer o município, serviria também para evitar inundações no período de chuvas intensas”.

No encontro, o prefeito do Moreno fez um relato da grave crise do abastecimento na sede do município e também em Bonança, Cidade de Deus e Massaranduba.

Diante da dificuldade de conclusão da Barra do Engenho Pereira, o prefeito sugeriu saídas emergenciais que poderiam ser adotadas em um espaço de tempo menor, entre elas, o abastecimento de Moreno através da Barragem de Duas Unas e de Bonança e Cidade de Deus, através de Tapacurá.

O prefeito pediu a contratação de carros-pipa para atender as comunidades que hoje não recebem água.

O diretor das áreas Técnica e Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio, prometeu estudar a viabilidade das sugestões.

Ele explicou que a companhia vai realizar no início do próximo ano o processo licitatório para concepção de projetos para obras de reestruturação de toda a rede, com o objetivo de resolver em definitivo os problemas no abastecimento de água do município.

O prefeito Vavá Rufino propôs uma audiência pública em Moreno para informar a população sobre o andamento dos projetos.

“A população está angustiada com a falta de água. Estabelecemos um planejamento até março para fazermos os ajustes emergências, para que a população não continue sofrendo”, explicou o prefeito.

Além das lideranças comunitárias, estavam presentes os secretários Marcelo André (Governo), Aguinaldo Sena (Serviços Urbanos), Jancleyton Andrade (Planejamento), Jardis Lira (Superintência de Bonança) e os vereadores Edivan, Admilson Barbosa, Eduardo Orlando, Irmão Cadinho e Ana Matos.

“A Câmara Municipal está nessa luta junto com a Prefeitura e as lideranças comunitárias para resolver o problema da crise de abastecimento de água no Moreno. Depois dessa conversa na Compesa, acreditamos que poderemos ter respostas para essa demanda”, disse o vereador Admilson Barbosa.


FECHAR