publicidade
31/10/18
Foto: Alepe/Divulgação
Foto: Alepe/Divulgação

Gravação sugere que Lula Cabral queria ‘resolver a vida dele’

31 / out
Publicado por jamildo em Notícias às 13:25

De acordo com fontes extra-oficiais, há documentos da Operação Abismo que sugerem suposta participação pessoal do prefeito Lula Cabral (PSB), do Cabo do Santo Agostinho, no alegado desvio de recursos do fundo municipal de previdência. O prefeito está em prisão preventiva no Cotel.

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou,, na manhã desta quarta-feira (31), a 2ª fase da Operação Abismo. Segundo nota oficial da Polícia, a nova fase tem o objetivo de colher mais provas dos crimes investigados relacionados ao desvio de recursos do instituto de previdência do Cabo de Santo Agostinho, o CaboPrev. Estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e uma prisão preventiva, sendo nove em Pernambuco (Cabo, Distrito Industrial de Suape, Porto de Galinhas, Reserva do Paiva, Recife e Jaboatão dos Guararapes) e um em Goiás. A prisão preventiva é de um empresário em Goiás.

De acordo com essas informações de bastidores, uma gravação apreendida pela Polícia Federal na Operação Torrentes, no celular do empresário Daniel Lucas, também preso na Operação Abismo, sugere uma suposta participação do prefeito do Cabo no desvio dos recursos previdenciários. Segundo os autos do Inquérito 3633, que corre em sigilo de Justiça, nas folhas 231 a 233, o empresário Daniel Lucas se encontrou com Lula Cabral em um restaurante, para tratar do investimento previdenciário em fundos.

De acordo com a versão, o empresário Daniel Lucas falou com o empresário Gean Lima, também citado na Operação Abismo, que “o homem comprou a ideia viu, comprou a ideia, tem o controle 100% la da turma, lá da turma que trabalha no órgão né, e ele, ele mesmo já tá querendo saber é como é que eu vou resolver a vida dele, eu digo venha simbora pra gente combinar”. Segundo a Polícia Federal no inquérito, as menções eram a Lula Cabral.

O desembargador do TRF5, ao decretar a prisão do prefeito, também mencionou esta gravação. “Há menção aos encontros com o Prefeito Municipal de Cabo de Santo Agostinho/PE, onde se destacou que ele ‘comprou a idEia’ e que ‘quer saber como vo resolver a vida dele'”, segundo trecho da decisão judicial.

Nesta terça-feira (30), o blog informou que a ministra Laurita Vaz concedeu habeas corpus ao empresário Gean Iamarque, preso na Operação.

Outro habeas corpus foi concedido pelo STJ, desta vez ao empresário José Barbosa Machado Neto, também preso na primeira fase da Operação Abismo. O empresário será solto e submetido a medidas cautelares, por ordem da ministra Laurita Vaz, do STJ.

Segundo fontes na área jurídica, o prefeito Lula Cabral não pediu habeas corpus no STJ. Ele está preso desde 19 de outubro.

Essas mesmas fontes informam que o prefeito pode requerer se beneficiar da mesma liminar dada aos dois empresários pelo STJ. No meio jurídico, é a chamada ampliação dos efeitos da liminar para outros presos.

Veja a transcrição de gravação entre dois empresários, que, segundo a Polícia Federal, colaborou para a prisão preventiva de Lula Cabral, segundo a folha 231 do Inquérito 3633 da Polícia Federal:

“É, nós estamos aguardando aqui eu e LEONARDO, aguardando já que a pessoa que vem pra praticamente tá resolvido né, o CABO tem 174.300 (cento e setenta e quatro e trezentos) e decisão já 99% tomada né, como a gente focou nisso aí, é agora é só a gente sentar com o pessoal que tá chegando daqui a pouco, que é o número 1 que está chegando aqui pra gente no restaurante nós já vamos almoçar e está praticamente decidido já, ele já no fim de semana conversou, analisou e tudo, e aí agora é o nosso cartão de visita né, fechando lá ele inclusive vai chamar um grupo já de prefeitos amigos dele e vão fechar também, mas agora de cara estudando a notícia em primeira mão CABO DE SANTO AGOSTINHO tem 174.300 e o homem comprou a ideia viu, comprou a ideia, tem o controle 100% la da turma, lá da turma que trabalha no órgão né, e ele, ele mesmo já tá querendo saber é como é que eu vou resolver a vida dele, eu digo venha simbora pra gente combinar ahahahah viu!”


FECHAR