publicidade
07/10/18
Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

Em primeiro discurso após 1º turno, Bolsonaro ressalta problemas em urnas eletrônicas

07 / out
Publicado por Blog de Jamildo em Eleições 2018 às 22:08

O deputado federal pelo Rio de Janeiro e candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro criticou, neste domingo (7), as urnas eletrônicas e afirmou que o “sistema ganhou essa primeira batalha aí”, depois que foi confirmada a sua ida ao segundo turno contra o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. O resultado ficou matematicamente confirmado às 20h51, informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 99,92% das urnas apuradas, o ex-militar obteve 49.258.789 votos (46,05 %) no primeiro turno e o petista, 31.287.012 votos (29,25 %), segundo o TSE.

“Recebemos muitas críticas de urnas que tiveram problemas e não foram poucas. Você apertava o ‘um’ e já aparecia o candidato aí da esquerda. Reclamações foram muitas, inúmeras, e quando nós aprovamos o voto impresso lá atrás, era justamente para evitar isso. Lamentavelmente o sistema ganhou essa primeira batalha aí, derrubando o voto impresso”, disse Bolsonaro.

O candidato disse que o segundo turno não será fácil e que o PT tem “bilhões para gastar”. “O Brasil está à beira do abismo. Não vai ser fácil o segundo turno, eles tem bilhões para gastar. Tem dinheiro, tem parte da mídia. Nós temos que acreditar em nosso Brasil. Devemos continuar mobilizados”, afirmou.

Em transmissão ao vivo no seu Facebook, Bolsonaro disse que vai ao TSE. “Vamos juntos ao TSE para exigir soluções para o que aconteceu agora. O que está em jogo é a nossa liberdade, é a continuação da Lava Jato. Temos que fazer um Brasil diferente. Nós temos que mudar o destino de nossa Nação. Mas vocês que ficaram comigo precisam continuar mobilizados”.

“Acredito em Deus, acredito em vocês, eu acredito no Brasil. Mais uma vez, estamos juntos, juntos reconstruiremos o Brasil, até a vitória”, finalizou.  


FECHAR